Autora de 'Harry Potter' doa US$ 1,7 milhão contra independência da Escócia

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Rowling disse estar preocupada com o impacto econômico na Escócia caso consiga separar-se do Reino Unido em setembro

Reuters

A autora mais vendida do Reino Unido, JK Rowling, criadora da série de livros “Harry Potter”, doou 1 milhão de libras (US$ 1,68 milhão) para a campanha contra a independência escocesa, dizendo nesta quarta-feira acreditar que a Escócia ficará melhor dentro do Reino Unido.

Fevereiro: Grã-Bretanha diz que Escócia perderá a libra caso opte pela independência

Getty Images
J.K. Rowling em foto de 2012

Rowling vive na capital escocesa, Edimburgo, e estará entre os cerca de 4 milhões de eleitores que decidirão no referendo de 18 de setembro se a Escócia deve encerrar seu laço de 307 anos com a Inglaterra.

Rowling disse estar preocupada com o potencial impacto econômico na Escócia caso consiga sua independência.

2013: Primeiro-ministro da Escócia apresenta plano para independência

“Quanto mais eu leio de diversas fontes independentes e imparciais, mais chego à conclusão de que, embora a independência possa nos dar oportunidades - qualquer mudança traz oportunidades -, ela também carrega vários riscos”, escreveu Rowling em um comunicado em seu website.

Um porta-voz da campanha pela união "Melhor Juntos” confirmou que Rowling havia doado 1 milhão de libras.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas