Menina de 12 anos é esfaqueada 19 vezes por colegas de escola nos EUA

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Morgan Geyser e Anissa Weier foram acusadas pelo crime e, se condenadas, podem ficar até 65 anos presas; vítima passa bem

Duas meninas de 12 anos de idade estão sendo acusadas de esfaquear uma colega de classe após uma festa do pijama na cidade de Milwaukee, de acordo com a polícia do estado de Wisconsin, EUA. A vítima está hospitalizada e não corre risco de morte.

Abril: Suspeito de ataque com facas em escola responderá como adulto nos EUA

Reprodução/Youtube
Morgan Geyser e Anissa Weier estão sendo acusadas pelo crime em Milwaukee, Wisconsin, EUA


2013: Estudante esfaqueia 14 em campus de faculdade do Texas

Morgan Geyser e Anissa Weier foram acusadas por tentativa de homicídio doloso e devem ser julgadas como adultas, podendo ser sentenciadas a até 65 anos de prisão. A fiança foi fixada em US$ 500 mil para cada uma, mais de 1 milhão de reais, segundo o advogado Brad Schimel.

A vítima não identificada foi esfaqueada 19 vezes no sábado (31) e deixada na mata. Ela teria sido encontrada por um ciclista com marcas de facadas nos braços, pernas e tronco. Ambas as suspeitas foram encontradas mais tarde andando em estrada local. Uma faca foi encontrada dentro de uma das mochilas, informou a polícia.

De acordo com a investigação, as meninas teriam planejado o crime para demonstrar sua admiração a Slenderman, que conheceram no site de histórias de horror Creepypasta. Ele seria o susposto líder da página e havia prometido uma recompensa, caso os usuários matassem alguém, afirmou uma das suspeitas à polícia. 

Sangue frio

O proprietário da página emitiu um comunicado após a prisão das jovens estendendo condolências às famílias envolvidas e acrescentando que não era "culpa do Slenderman ou de qualquer escritor de contos de horror que isso aconteceu."

De acordo com a queixa prestada, as garotas estavam planejando o ataque desde fevereiro. Em um primeiro momento, elas pensaram em matar a adolescente esfaqueando seu pescoço enquanto ela dormia. Depois, elas decidiram que o crime aconteceria em um banheiro onde haveria um ralo para facilitar a limpeza. No fim das contas, elas decidiram executar o plano em um parque, comunicaram os policiais. 

"É preocupante quando uma pessoa ataca outra com tanta raiva", disse Schimel ao Milwaukee Journal Sentinel. “Mais ainda quando atacam a sangue frio (...). É um incidente muito chocante."

*Com BBC, AP e NBC News

Leia tudo sobre: esfaqueamentoschimelslendermangeyserweiercrime em Milwaukeeeua

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas