Felipe, o príncipe de Astúrias, também assumiu a função de rei várias vezes por causa dos problemas de saúde de Juan Carlos

BBC

O futuro rei da Espanha, Felipe, 45, não é estranho às funções exercidas pelo próprio pai, o rei Juan Carlos, nem aos holofotes da mídia.

Reação:  Ativistas vão às ruas pelo fim da monarquia na Espanha

Felipe tem formação em direito e relações internacionais e foi iatista olímpico
Reuters
Felipe tem formação em direito e relações internacionais e foi iatista olímpico


Hoje: Juan Carlos guiou Espanha a democracia, mas escândalos abalam sua imagem

Ele é conhecido pelo seu interesse pelos esportes e, em 1992, quando a Olimpíada foi realizada em Barcelona, representou o seu país na equipe de iatismo, recebendo grande atenção da imprensa espanhola e mundial.

Além disso, Felipe, que detém o título de príncipe de Astúrias, assumiu as funções de rei da Espanha inúmeras vezes nos últimos anos devido aos problemas de saúde de Juan Carlos. O príncipe é o único filho homem do rei da Espanha. Ele tem duas irmãs mais velhas.

Em 2004, ele se casou com uma jornalista, a apresentadora de TV Letizia, e com ela teve duas filhas – Leonor e Sofia.

América Latina

Desde 1996 Felipe tem representado a Espanha em cerimônias de posse de presidentes na América Latina, como ocorreu em 2011 na posse de Dilma Rousseff.

Esse papel demonstra o interesse especial da Espanha em manter estreitas relações com suas ex-colônias na região. Também em 2011, Felipe participou de mais eventos reais do que o próprio pai – um total de 253, na Espanha e no exterior.

Veja momentos importantes da vida do rei Juan Carlos

Polêmica: Rei da Espanha é alvo de críticas por caçar elefantes na África

Aos 18 anos, em janeiro de 1986, ele jurou lealdade ao monarca e à Constituição espanhola em uma cerimônia no parlamento em Madri, se tornando oficialmente o herdeiro do trono.

Seu nome completo é Felipe Juan Pablo y Afonso de Todos los Santos. Seu primeiro nome é uma homenagem a Felipe 5º (1683-1746), o primeiro rei da dinastia Bourbon na Espanha.

Advogado e militar

O príncipe é formado em direito pela Universidade Autônoma de Madri, tendo se formado em 1993. Em seguida, passou dois anos fazendo mestrado em relações internacionais na universidade Georgetown, em Washington, nos Estados Unidos. Quando estudante, ele também passou um ano em uma escola no Canadá.

Entre 1985 e 1989, passou por treinamento militar em academias espanholas e se formou como piloto de helicóptero com as patentes de tenente-coronel tanto no Exército quanto na Aeronáutica e de comandante de fragata na Marinha.

Janeiro: Princesa Cristina é acusada de fraude fiscal e lavagem de dinheiro

Desde 2010 ele tem presidido reuniões dos comandantes das forças armadas espanholas – tradicionalmente um papel reservado apenas ao rei. Ele também participou de exercícios militares.

Felipe já visitou inúmeros países, exercendo a função de promover os interesses comerciais e a cultura da Espanha em todo o mundo.

O correspondente da BBC Mundo na Espanha, Ignacio de los Reyes, disse que o príncipe detém o mais alto índice de aprovação entre os membros da família real espanhola e deve assumir o título de Felipe 6º.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.