Ataque foi sensação na web; Scrappy, uma mistura de labrador com chow chow, tinha 8 meses de idade e recebeu injeção letal

BBC

O cachorro que atacou um menino de quatro anos nos Estados Unidos salvo por uma gata foi sacrificado.

Gata Tara fez o primeiro 'lançamento' em jogo de beisebol para crianças
Reuters
Gata Tara fez o primeiro 'lançamento' em jogo de beisebol para crianças


Veja mais notícias do Mundo Insólito

O ataque do cachorro ao menino, seguido pela reação surpreendente da gata, foi gravado e o vídeo rapidamente se transformou em sensação nas redes sociais.

Scrappy, um cruzamento de labrador com chow chow, tinha oito meses de idade e recebeu uma injeção letal em um abrigo para animais em Bakersfield, no Estado americano da Califórnia, segundo o site de notícias TMZ.

O episódio ocorre dez dias depois que o cão mordeu e arrastou o menino Jeremy Triantafilo. A criança foi salva pela gata de estimação da família, Tara, que correu para afugentar o cachorro logo que viu a cena.

Veja outros animais que também salvaram vidas humanas

Jeremy – que precisou levar pontos após o ataque – afirmou que sua gata é "uma heroína".

A mãe do menino, Erica, tinha dito à rede de TV americana NBC que o cachorro seria sacrificado caso nada pudesse ser feito para regenerá-lo.

Na semana passada, a agora famosa gata fez o "lançamento" inaugural de jogo de beisebol para crianças.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.