Choque de trens na Índia deixa ao menos 40 mortos e mais de 150 feridos

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Condutor morreu por causa dos ferimentos e seu assistente foi internado em estado grave; a causa do acidente é desconhecida

Um trem expresso bateu em um trem de carga estacionado em estação no norte da Índia nesta segunda-feira (26) matando cerca de 40 e ao menos 150 feridos, reduzindo as composições a um monte de metais retorcidos, de acordo com autoridades.

No início de maio: Trem descarrila e mata ao menos 19 na Índia

AP
Poças de sangue ao lado das equipes do esquadrão anti-bomba que inspecionam trem de passageiros após explosões na estação Chennai, Índia (1/05)


2013: Trem atropela e mata ao menos 37 na Índia; condutor é espancado

O trem de passageiros expresso Gorakhpur viajava em alta velocidade quando acionou os freios em uma tentativa de parar, mas acabou se chocando contra trem estacionado sobre os trilhos perto de uma estação ferroviária no estado de Uttar Pradesh, afirmou o magistrado do distrito, Bharat Lal.

"Os vagões foram reduzidos a uma malha de ferro mutilado", disse ele. "Nós não sabemos quantas pessoas estavam lá", já que esses locais acomodam 72 pessoas, mas são frequentemente ocupados bem além de sua capacidade.

As equipes de resgate trabalham para libertar as pessoas presas sob os vagões. O condutor do trem expresso morreu nesta segunda vítima de ferimentos graves, enquanto seu assistente foi internado em estado crítico, de acordo com o funcionário ferroviário Alok Kumar.

Os moradores foram os primeiros a chegar ao local após o acidente a cerca de 10 km da estrada mais próxima. Imagens de transmissão de TV mostram feridos em meio a pilhas de bagagem espalhados.

"Eu estava trabalhando no campo quando ouvi o apito do motor e de repente o som do acidente. Era um som terrível. Ainda reverbera em meus ouvidos", explicou Ram Chander, um aldeão de Chaudhry, ao canal de notícias Samachar Plus. "Cheguei dentro de minutos e vi o trem descarrilado."

Por causa do impacto, vagões de passageiros foram lançados para cima do outro trem e muitas pessoas ficaram presas em meio às ferragens na estação de Churaib, no distrito de Sant Kabir Nagar, disse porta-voz da polícia na capital estadual, Lucknow.

Autoridades procuram pelo chefe da estação, que desapareceu após o acidente em Sant Kabir Nagar, cerca de 220 quilômetros a sudeste da capital do estado, Lucknow. Mas as autoridades disseram que era muito cedo para indicar o motivo do acidente, mas eles não descartam falha mecânica ou erro humano.

A colisão é a mais recente na envelhecida infraestrutura da Índia, um problema que o político Narendra Modi, que nesta segunda-feira deve assumir o cargo de primeiro-ministro, disse que será uma de suas prioridades.

*Com AP e Reuters

Leia tudo sobre: tremindiaacidentemortosmodipradesh

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas