Número de soterrados pode chegar a 300, enquanto 75 pessoas ficaram feridas após acidente na cidade de Soma, sul do país

Uma explosão seguida de incêndio em uma mina de carvão no oeste da Turquia matou pelo menos 157 mineiros e deixou entre 200 e 300 pessoas presas no subsolo nesta terça-feira (13).

2009: Explosão de mina mata 2 soldados e fere 7 na Turquia

Médicos colocam mineiro ferido em uma ambulância depois da explosão em mina de carvão em Soma, oeste da Turquia
AP
Médicos colocam mineiro ferido em uma ambulância depois da explosão em mina de carvão em Soma, oeste da Turquia


Acidente: Turquia teme desastre ecológico por vazamento de cianureto

De acordo com o funcionário local Mehmet Bahattin Atci, uma unidade de distribuição de energia explodiu na tarde de segunda-feira na cidade de Soma, localizada a 250 quilômetros ao sul de Istambul. 

Há centenas de pessoas soterradas. Meios de comunicação locais e a imprensa internacional apresentam dados diferentes sobre o número de soterrados, variando entre 200 e 300 pessoas. O governo turco ainda não divulgou informações sobre o número de mineiros soterrados. Equipes de resgate conseguiram retirar do local cerca de 50 trabalhadores com vida.

"Os esforços de retirada estão em andamento. Espero que sejamos capazes de resgatá-los", declarou o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, em comentários televisionados. A emissora televisiva NTV disse que o acidente ocorreu a cerca de 2 km de profundidade no interior da mina.

"É um acidente grave", disse o ministro da Energia, Taner Yildiz, Yildiz. "Nossa prioridade é chegar a nossos irmãos mineiros. Qualquer informação agora pode estar errada.”

Yildiz explicou que socorristas estavam bombeando ar fresco para dentro da mina e equipes de resgate de regiões vizinhas foram correndo para a área afetada. Os jornalistas estavam sendo mantidos longe do local, mas uma testemunha disse à NTV que ambulâncias foram vistas entrando e saindo da área.

Acidentes em minas são comuns na Turquia, que é criticada por suas pobres condições de segurança. O pior desastre de mineração no país até hoje foi a explosão de gás que matou 270 trabalhadores perto do porto do Mar Negro de Zonguldak, em 1992.

*Com AP e Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.