Naufrágio na Itália deixa ao menos 14 imigrantes mortos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Mais de 200 foram resgatados após acidente no Mediterrâneo; ainda não se sabe quantas pessoas estavam a bordo do barco

AP
Corpos de imigrantes mortos em naufrágio são enfileirados no porto de Lampedusa, Itália (10/2013)

Um barco lotado de imigrantes afundou nesta segunda-feira (12) no Mar Mediterrâneo e deixou ao menos 14 mortos, de acordo com a Marinha italiana, que ajudou a resgatar mais de 200 sobreviventes.

Vídeo: Itália realiza buscas após naufrágio em Lampedusa

A Marinha disse que "no momento 14 corpos foram recuperados". Não há estimativa sobre o possível número de desaparecidos porque não foi imediatamente determinado quantas pessoas estavam a bordo, nem a nacionalidade deles.

2013: Naufrágio de barco com imigrantes na Itália deixa mais de 100 mortos

O naufrágio ocorreu a cerca de 160 km ao sul da pequena ilha siciliana de Lampedusa e a aproximadamente 65 km ao norte da costa da Líbia, segundo autoridades italianas. Uma fragata da Marinha e um barco patrulha correram para o local, juntamente com dois barcos da Guarda Costeira italiana e um barco da frota Polícia de Fronteiras do país. Equipes médicas a bordo dos barcos da Marinha deram assistência aos sobreviventes.

Na semana passada, mais de 4 mil imigrantes chegaram às margens da Itália por meio de barcos contrabandeados. Muitos dos barcos partiram da costa vagamente patrulhada da Líbia com migrantes que fogem das guerras ou dificuldades na Síria, Eritreia e outros locais.

Imigração 

Segundo a agência de refugiados da ONU, 8,4 mil imigrantes chegaram à Itália e Malta nos primeiros seis meses de 2013, quase o dobro dos 4,5 mil da primeira metade de 2012. Ainda assim, é um número bem menor do que os milhares que se dirigiram à Itália durante a Primavera Árabe em 2011.

O Alto Comissário das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) registrou 40 mortes na primeira metade de 2013, e um total de 500 para o ano inteiro de 2012, baseado em entrevistas feitas com sobreviventes.

*Com AP

Leia tudo sobre: naufragio na italiaimigrantesmediterraneoitaliabarcoacidente

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas