Galeria de fotos: Conheça os espiões e espiãs mais famosos do mundo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

A holandesa Mata Hari, que era cortesã em Paris e uma provável agente dupla na Primeira Guerra (1914-1918), está na lista

Com dois casamentos fracassados e a perda de seus filhos, a holandesa Margaretha Geertruida Zelle, mais conhecida como Mata Hari, optou por se tornar uma glamourosa dançarina e cortesã em Paris no período de ouro que antecedeu a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Amante de autoridades, ela teria sido recrutada pelos alemães para espionar diplomatas e membros do Exército francês à época. Mas acabou tendo seu disfarce revelado pela França e foi executada por volta de 1917. 

Galeria: Conheça os ditadores mais cruéis da história

Embora sua lealdade tenha sido tema de debates - pesquisadores sugerem que ela pode ter agido como agente dupla e trabalhado também para a França -, documentos alemães da década de 1970 afirmam que ela esteve a serviço do Exército desde 1915 com o "codinome" H-21. Veja a lista de espiões que se tornaram famosos.

Mata Hari, Holanda: Margareth Geertruida Macleod foi acusada de espionar para o Exército alemão na França durante a Primeira Guerra. Foto: Wikimedia CommonsMata Hari, Holanda: descoberta pelos franceses, ela foi executada por volta de 1971. Historiadores sugerem que ela foi agente dupla. Foto: Wikimedia CommonsRobert Hanseen, EUA: agente do FBI, ele vendia segredos de Estado para clientes como a União Soviética nos anos 1990. Foto: Reprodução/YoutubeVirgínia Hall, EUA: enfermeira que atuava em Paris, ela se alistou no Serviço de Operações Especiais após invasão alemã na 2ª Guerra Mundial (1939-1945). Foto: Wikimedia CommonsVirgínia Hall, EUA: mesmo tendo uma das pernas amputadas do joelho para baixo, suas ações a colocaram na lista de mais procurados pela Alemanha. Foto: Reprodução/YoutubeNathan Hale, EUA: então soldado na Guerra Revolucionária Americana (1775-1783), ele espionou os britânicos, mas foi descoberto e enforcado. Foto: Reprodução/YoutubeJosephine Baker, EUA: radicada na França, a cantora era espiã da resistência francesa contra a ocupação nazista na 2ª Guerra Mundial (1939-1945). Foto: Wikimedia CommonsJosephine Baker: conhecida como 'Vênus Negra', ela foi condecorada após a guerra e ainda era ativista dos direitos civis. Foto: Wikimedia CommonsKlaus Fuchs, Alemanha: físico e especialista em tecnologia, ele espionou projetos militares britânicos e dos EUA para a União Soviética nos anos 1950. Foto: Reprodução/YoutubeValerie Plame, EUA: ex-agente secreta da CIA, ela teve sua identidade revelada em 2005. Foto: Wikimedia CommonsValerie Plame, EUA: a revelação pode ter uma retaliação ao questionamento feito por seu marido, o ex-embaixador Joseph Wilson, sobre a ação dos EUA no Iraque. Foto: Reprodução/YoutubeSidney Reilly: espião do serviço secreto britânico a partir de 1896, ele era Sigmund Rosenblum até mudar de nome em 1889. Inspirou o 'Agente 007'. Foto: Reprodução/YoutubeBelle Boyd, EUA: durante a Guerra Civil Americana (1775-1783), ela fez espionagem para generais dos EUA e depois foi premiada por suas ações. Foto: Wikimedia CommonsJuan Pujol, Espanha: Pujol era agente duplo. Fingia ser nazista quando atuava para o serviço secreto britânico. Foi crucial para o 'Dia D' da 2ª Guerra Mundial (1939-1945). Foto: Reprodução/YoutubeEugene Bullard, EUA: ele foi para a Europa ainda adolescente e se tornou o primeiro negro a pilotar um caça no mundo. Foto: Reprodução/YoutubeEugene Bullard, EUA: espião da França na 2ª Guerra Mundial (1939-1945), trazia informações sobre os nazistas. Antes, atuava como fugilista. Foto: Reprodução/YoutubeViolette Szabo, Inglaterra: na 2ª Guerra Mundial (1939-1945), ela foi espiã do serviço secreto britânico contra os alemães. Foi executada em 1945. Foto: Wikimedia CommonsCabo Anselmo, Brasil: na Ditadura Militar (1964-1985), ele buscou exílio fora do País após o golpe militar de 1964. Voltou em 1971 e se tornou delator. Foto: Reprodução/YoutubeCabo Anselmo, Brasil: nos anos que se seguiram, o Cabo, cuja patente verdadeira era a de Marinheiro, se tornou agente duplo. Foto: Reprodução/YoutubeNancy Wake, Nova Zelândia: foi uma agente da espionagem britânica no final da 2ª Guerra Mundial (1939-1945). Morreu em 2011, aos 98 anos. Foto: Reprodução/YoutubeElizabeth Van Lew, EUA: ela fingia ser doente mental para não desconfiarem de que, na verdade, ela era informante na Guerra Civil Americana (1864-1865). Foto: Reprodução/YoutubeEspiões de Cambridge, Reino Unido: os universitários comunistas espionavam para a União Soviética na 2ª Guerra Mundial (1939-1945). Foto: Reprodução/YoutubeJulius e Ethel Rosenberg, EUA: o casal foi acusado nos anos 1940 de passar informações sobre a bomba atômica à União Soviética. Foto: Reprodução/YoutubeJulius e Ethel Rosenberg, EUA: eles foram condenados à morte e executados na cadeira elétrica em 1953 apesar de alegarem inocência. Foto: Reprodução/Youtube


Leia tudo sobre: espioesmata haribrasil2 guerra mundial1 guerra mundialalemanhainglaterra

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas