Corpo de Denise Moretti Batista foi encontrado pelo marido no sábado (3) e deve ser cremado em Melbourne, onde ela morava

A mãe de Denise Moretti Batista, que foi encontrada morta na casa onde morava, na Austrália, no último sábado (3), e um de seus filhos viajarão nesta quarta-feira (7) para acompanhar as investigações sobre as causas da morte da brasileira.

Ontem: Maquiadora brasileira é encontrada morta na Austrália

Denise, que tinha 33 anos, foi encontrada morta pelo marido abraçada ao filho de 2 anos do casal, na casa onde eles moravam, em Melbourne. A criança está bem, segundo relato do irmão da vítima, Luís Fernando Batista.

A família dela, que mora em Jundiaí, interior de São Paulo, autorizou os exames para que seja constatada a causa da morte. Denise deve ser cremada na cidade australiana.

Batista conta que o marido da vítima afirmou ter chegado em casa após jantar com a maquiadora e o filho do casal e subiu com a criança par ao quarto. Eles não dormiram juntos naquela noite. De manhã, ao entrar no quarto da mulher, ele a encontrou morta com a criança acordada em seus braços.

Denise nasceu em Jundiaí e se mudou para Londres em 2004, onde se tornou maquiadora profissional após curso em uma escola inglesa renomada. Durante sua carreira, ela participou de eventos de moda importantes, como o London Fashion Week, e maquiou personalidades como Kate Moss. Em 2011, conheceu o marido e se mudou para a Austrália, onde o casal teve um filho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.