Homens que conhecem a região cobram US$ 500, até R$ 1.115, para levar pessoas até a Líbia; há outras propinas pelo caminho

BBC

Milhares de imigrantes africanos tentam todos os anos atravessar o continente rumo à Europa. Muitas das jornadas passam por Agadez, no Níger, ao sul do Saara, de onde começa a passagem do deserto.

2013: Níger prende 30 em operação contra traficantes de pessoas

A rota que eles tomam é rumo à Líbia, para de lá atravessar o Mediterrâneo. Homens que conhecem bem a região cobram US$ 500, cerca de R$ 1.115, para levar pessoas até a Líbia. Mas também é preciso ter outros US$ 300, até R$ 669, para pagar todas as propinas no caminho. Ao chegar em Agadez, no Níger, muitas pessoas estão cheias de sonhos. Mas a vida na cidade às vezes parece um pesadelo.

Imigrantes contaram à BBC sobre suas experiências. Uma mulher vinda da Nigéria disse que seu sonho era virar enfermeira na Europa. Acabou se tornando prostituta em Agadez. Outros falam em torturas, prisões e deportações.

Assista ao vídeo clicando no link abaixo:

Sonho de atravessar Saara rumo à Europa termina em prostituição e tortura


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.