Síria terá eleições presidenciais em 3 de junho

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Votação deverá levar ao terceiro mandato do presidente Assad, que recentemente afirmou que está vencendo guerra civil síria

Reuters

A Síria realizará eleições presidenciais em 3 de junho, disse o porta-voz do Parlamento nesta segunda-feira, estabelecendo uma data para a votação que deverá levar ao terceito mandato do presidente Bashar al-Assad, dias depois de ele ter dito que suas forças estão vencendo a guerra civil no país.

Domingo: Assad faz visita de Páscoa a cidade cristã recapturada na Síria

AP
Bombeiros sírios apagam fogo em loja que se incendiou após ataque aéreo de forças do governo no bairro de al-Fardos, em Aleppo (20/4)

Março: Conflito na Síria completa três anos com mais de 100 mil mortos; entenda

Assad enfrenta um conflito que já dura três anos contra seu regime e que já deixou mais de 150 mil mortos e forçou milhões a deixar suas casas.

Sob a Constituição da Síria, a eleição deveria ocorrer em julho, apesar de as potências internacionais que apoiam os oponentes de Assad terem descrito os planos como uma "paródia de democracia".

Infográfico: Saiba o que está em jogo para os países do Oriente Médio com a Síria

Assad não disse se participaria da eleição, mas seus aliados do movimento xiita Hezbollah na Rússia e no Líbano disseram que ele participará e vencerá.

Anunciando a eleição na emissora estatal, o porta-voz do Parlamento Mohamed Jihad al-Laham disse que os pedidos de candidatura serão aceitos até 1º de maio. A eleição para sírios que vivem no exterior ocorrerá nas embaixadas do país em 28 de maio, disse.

Cenário: Onda de refugiados sírios pressiona tecido social e econômico de vizinhos

Assad disse em meados de abril que o conflito atingiu um "ponto de virada" por causa das vitórias de suas forças militares contra os rebeldes, disse a mídia estatal.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas