Forte terremoto atinge o México e abala edifícios na capital

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

População diz que objetos caíram das prateleiras e que houve queda de energia; não há relatos de vítimas ou danos graves

Reuters

Reuters
Pessoas deixam hospital após terremoto de magnitude 7.5 graus na escala Richter

Um terremoto de magnitude 7.5 graus na escala Richter atingiu nesta sexta-feira (19) o centro do México, onde está localizada a populosa capital, abalando edifícios e provocando a retirada de pessoas em meio às celebrações da Semana Santa.

O terremoto teve epicentro no Estado de Guerrero, a noroeste de Acapulco, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), e ocorreu a uma profundidade de 24 quilômetros.

Moradores da Cidade do México disseram que objetos caíram das prateleiras em suas casas e muitos ficaram sem energia. Alguns saíram às ruas de pijamas. Não havia relatos imediatos de vítimas ou danos graves.

O chefe dos serviços de emergência do governo mexicano, Luis Felipe Puente, disse que não houve informações de danos e o Centro de Alerta do Pacífico dos EUA informou que não esperava que o terremoto provocasse um tsunami destrutivo.

No entanto, os moradores da capital ficaram abalados pelo terremoto, um dos maiores a atingir o México em vários anos. "Tive que me agarrar a uma árvore como se estivesse bêbado", disse Pedro Hernández, porteiro de um prédio.

Os serviços de emergência da capital estavam percorrendo a cidade, que foi severamente danificada por um terremoto em 1985, quando um tremor de magnitude 8,1 deixou milhares de mortos.

Um funcionário do hotel Fairmont, em Acapulco, disse que a situação estava calma e que os hóspedes tinham retornado ao edifício. "A estrutura está bem", afirmou a mulher, que se identificou apenas como Ana, por telefone.

Leia tudo sobre: MUNDOMEXICOTERREMOTO

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas