Explosão de carros-bomba deixa 25 mortos em Homs, na Síria

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ataques foram lançados em rua comercial onde em sua maioria atuam membros de seita xiita minoritária do presidente Assad

A explosão de dois carros-bomba deixou ao menos 25 mortos, incluindo mulheres e crianças, e mais de cem feridos nesta quarta-feira na cidade síria de Homs, região central do país, informaram um grupo de acompanhamento e a mídia estatal.

ONU: Número de refugiados sírios no Líbano ultrapassa 1 milhão

AP
Soldados sírios (D) e civil (E) carregam ferido de local onde houve explosão de dois carros-bomba em Homs, Síria

Março: Conflito na Síria completa três anos com mais de 100 mil mortos; entenda

As explosões aconteceram em uma rua comercial na área de Karam al-Loz, que em sua maioria é tem por membros da seita minoritária alauíta do líder Bashar al-Assad em Homs, onde forças do governo impõem um forte cerco contra distritos controlados por rebeldes.

As explosões "causaram sérios danos a propriedades, casas, lojas e carros no bairro", disse o Observatório Sírio para Direitos Humanos, grupo contrário a Assad com sede na Grã-Bretanha que monitora a violência em ambos os lados por meio de uma rede de fontes na Síria.

Os rebeldes que lutam para derrubar Assad são predominantemente sunitas. O conflito na Síria já deixou mais de 150 mil mortos e obrigou milhões a fugir de suas casas. Uma explosão em Homs no domingo matou pelo menos 29 rebeldes, incluindo dois comandantes de campo, disse o Observatório.

Homs, uma cidade de cerca de 1 milhão, mostrou grande simpatia pela oposição desde os primeiros dias do levante contra Assad. A cidade era conhecida como "a capital da revolução síria" antes de forças do governo capturarem grandes partes de bairros antes controlados pelos rebeldes, como Baba Amr e Khaldiyeh.

*Com Reuters e AP

Leia tudo sobre: síriamundo árabeprimavera árabeassadhoms

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas