Ataque com facas deixa ao menos 20 feridos em escola dos EUA

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Vítimas incluem alunos de 14 a 17 anos e segurança que rendeu suspeito de 16 anos; jovem está sob custódia das autoridades

Ao menos 19 estudantes e um segurança escolar ficaram feridos na manhã desta quarta-feira (9) após um aluno de 16 anos lanpar um ataque com duas facas na escola Franklin Regional High School, em Murrysville, Pensilvânia, de acordo com funcionário do local. O segurança ferido eventualmente rendeu o adolescente com a ajuda de um assistente de diretor.

2013: Ataque a tiros em escola de Nevada, nos EUA, deixa dois mortos

AP
Homem e mulher andam próximo à escola onde estudantes forma esfaqueados em Murrysville, Pensilvânia, perto de Pittsburgh

2012: Massacre em escola primária deixa 27 mortos nos EUA

De acordo com Dan Stevens, porta-voz de gerenciamento de emergência, quatro feridos foram levados para hospitais de helicóptero, sendo que dois estão em estado crítico. Os jovens atacados têm entre 14 e 17 anos.

O suspeito, cujo nome não foi divulgado, está sob custódia das autoridades, segundo Stevens. Os investigadores não determinaram um motivo, mas o chefe de polícia de Murrysville, Thomas Seefeld, disse que avaliam informações sobre um telefonema ameaçador entre o suspeito e outro estudante na noite anterior. Seefeld não especificou se o suspeito recebeu ou fez a ligação.

O ataque teria começado por volta das 7h20 locais (5h20 no horário de Brasília) na escola de cerca de 3,6 mil estudantes, que fica localizada na segunda maior cidade do Estado.

AP
Unidades de resgate ultrapassa ônibus escolar enquanto segue para campus da Franklin Regional High School, em Murrysville, EUA

O chefe policial afirmou que alguém, possivelmente um estudante, disparou o alarme de incêndio depois de ver as vítimas sendo esfaqueadas. Embora isso tenha criado caos, disse, também resultou em estudantes fugindo da escola em busca de segurança de forma mais rápida. "O fato de o alarme ter sido disparado ajudou com o esvaziamento da escola, e isso foi algo bom", disse Seefeld.

*Com AP e CNN

Leia tudo sobre: aluno com facaferidoseuaescola dos euastevens

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas