Edifícios de cinco andares desabaram no Harlem na quarta-feira após explosão causada por provável vazamento de gás

O número de mortos no desabamento de dois prédios residenciais em Nova York na quarta-feira após uma explosão causada por um provável vazamento de gás subiu para ao menos sete, e ainda há vítimas possivelmente presas sob os escombros, disseram autoridades. O incidente também deixou mais de 60 feridos.

Nova York:  Explosão provoca incêndio e colapso de dois prédios no Harlem

Bombeiros investigam explosão e retiram destroços no Harlem, Nova York (12/3)
AP
Bombeiros investigam explosão e retiram destroços no Harlem, Nova York (12/3)

A explosão, que lançou destroços sobre telhados vizinhos, derrubou dois prédios adjacentes de cinco andares, com um total de 15 apartamentos, por volta das 9h30 (10h30 no horário de Brasília), num quarteirão de maioria residencial em Upper Manhattan.

Nuvens de fumaça se ergueram sobre os destroços dos prédios que ficavam acima de uma igreja e de uma loja de pianos no andar térreo, em um bairro principalmente de moradores da comunidade latina.

Focos de fogo permaneciam acesos no meio da montanha de escombros várias horas após a explosão, complicando as operações de busca e resgate que entraram pela noite, informou o porta-voz dos bombeiros Michael Parrella.

Veja imagens da destruição causada pela explosão em Nova York na quarta-feira:

O prefeito Bill de Blasio, que foi rapidamente ao local do acidente, disse que as informações preliminares indicam que a explosão foi provocada por um vazamento de gás.

*Com Reuters e AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.