Mais de 100 denúncias de irregularidades nas eleições na Colômbia

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Observadores internacionais dizem que maioria das denúncias são de compra de votos e propaganda irregular

Agência Brasil

Chegou a 104 o número de denúncias de irregularidades recebidas pela Missão de Observação Eleitoral, que acompanhou hoje (9) as eleições legislativas na Colômbia. Segundo a organização não governamental, encarregada de observar a transparência e legalidade das eleições, a maioria das denúncias diz respeito à compra de votos e propaganda irregular, porque proibida em dia da votação.

Leia também: Chefe militar colombiano perde cargo em meio a caso de mortes extrajudiciais

AP
O ex-presidente Alvaro Uribe, candidato a uma vaga ao Senado, vota nas eleições colombianas neste domingo (9/3/2014)


Hoje, 32,7 milhões de eleitores colombianos foram às urnas para eleger os 102 senadores, 166 deputados e os cinco delegados do Parlamento Andino. Os observadores da missão internacional, presentes em 383 municípios, disseram que em 21% dos locais de votação não existiam condições para o exercício do direito de voto.

Leia tudo sobre: Eleições na Colômbia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas