Israel anuncia apreensão de 40 mísseis que iriam para a Faixa de Gaza

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Embarcação com carga foi interceptada na quarta-feira (5) no Mar Vermelho, entre a Eritreia e o Sudão

Agência Brasil

O Exército de Israel anunciou hoje (9) a apreensão de 40 mísseis, 181 obuses e 400 mil balas a bordo de uma embarcação interceptada, que, como disse, transportava armas enviadas pelo Irã para a Faixa de Gaza. O descarregamento e a inspeção das armas foram feitos hoje, no porto de Eilat, ao Sul de Israel.

Leia também: Palestinos rejeitam a solução de dois Estados, diz historiador israelense

"Cada um dos mísseis era uma ameaça à segurança dos cidadãos de Israel", sustentou o chefe do Estado-Maior do Exército, Benny Gantz, advertindo que os "esforços para impedir a proliferação de armas (...) na região não terminaram".

A embarcação foi interceptada na quarta-feira no Mar Vermelho, entre a Eritreia e o Sudão. O armamento deveria ser descarregado em Porto Sudão e, posteriormente, encaminhado por via terrestre para a Faixa de Gaza.

Infográfico: Saiba os principais fatos do conflito entre Israel e palestinos

O Irã negou qualquer envolvimento no carregamento de armas, mas o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, acusou o país de "mentir descaradamente". O Sudão refutou também qualquer envolvimento, tal como o movimento Hamas, no poder em Gaza, e a Jihad islâmica.

Leia tudo sobre: IsraelFaixa de GazaPalestinaoriente médio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas