Exército do México resgata 61 sequestrados perto da fronteira com os EUA

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Grupo de imigrantes ilegais foi mantido refém em uma casa por pelo menos 15 dias. Maioria das vítimas veio da América Central

O Exército mexicano resgatou 61 imigrantes ilegais, a maioria da América Central, que tentavam chegar aos Estados Unidos e foram sequestrados por criminosos no norte do México, afirmou o governo na quinta-feira (27).

Drogas: Saiba mais sobre os cartéis do México

Os imigrantes teriam permanecido sequestrados por pelo menos 15 dias em uma casa na cidade de Reynosa, no Estado de Tamaulipas, perto da fronteira com os EUA e que por anos vivenciou fortes episódios de violência perpetrada por grupos criminosos. O resgate aconteceu na quarta durante uma ronda de vigilância realizada pelos militares.

"Em um reconhecimento terrestre, eles observaram pessoas que pediam ajuda desde o interior de uma casa. Ao entrar, localizaram 61 pessoas", afirmou em comunicado a Secretaria de Governo.

NYT: Violência deixa rastro de dúvidas e dor no México

Entre os resgatados havia três mexicanos, quatro hondurenhos, um nicaraguense, 33 guatemaltecos e 20 salvadorenhos, de quem seus sequestradores exigiam entre US$ 3,5 mil e US$ 6 mil para levá-los ilegalmente aos EUA.

O sequestro, o desaparecimento e o assassinato de imigrantes aumentaram no país, especialmente em Tamaulipas, onde os Zetas assassinaram 72 imigrantes ilegais sequestrados em 2010.

Cerca de 82 mil morreram e 27 mil estão desaparecidas desde que o ex-presidente Felipe Calderón lançou no fim de 2006 uma campanha contra os cartéis de droga, provocando a diversificação dos crimes pelas organizações com extorsões, pirataria, sequestros e tráfico de pessoas.

Com a chegada do presidente Enrique Peña Nieto no fim de 2012, o índice de homicídios caiu levemente, mas a violência persiste e se estendeu a novas áreas do país sem que haja mudanças notórias na estratégia de segurança, segundo analistas.

*Com Reuters

Leia tudo sobre: resgateimigrantes ilegaismexicoeuafronteira

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas