Auroras boreais fazem 'espetáculo' nos céus da Grã-Bretanha

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Fenômeno acontece principalmente no Polo Norte. Efeito de cor e brilho é causado por partículas de carga elétrica e átomos

BBC

Partes da Grã-Bretanha testemunharam raras aparições de aurora boreal - o espetáculo da natural de luzes coloridas - nos céus do país. O fenômeno é causado por partículas com carga elétrica que vêm do Sol e entram na atmosfera da Terra.

Vídeo: Passageiro registra aurora boreal durante voo para Nova York

Chris Bell
As luzes também fizeram um espetáculo em Foxley, Norfolk, um vilarejo no leste da Inglaterra.


2012: Aurora boreal fica mais intensa por causa de forte tempestade solar

"Elas precisam de dois ou três dias para chegar aqui e, quando chegam, elas fazem com que os átomos de gás no céu brilhem. É simples assim", disse Mark Thompson, apresentador do programa da BBC Stargazing Live.

Confira na galeria de fotos

O fenômeno de luzes é causado por partículas com carga elétrica que vêm do Sol e entram na atmosfera. Na foto, memorial de guerra Stonehaven, na Escócia. Foto: Brian DoyleAcima, as luzes no céu da ilha de St Mary, Tyne e Wear, no nordeste da Inglaterra. Foto: Cheney LeungAcima, a aurora boreal vista em Bow Fiddle Roch, Portknochie, Moray, na Escócia. Foto: Alexander DutoyAs luzes foram vistas em muitos lugares na Grã-Bretanha, incluindo na região de Cumbria, norte da Inglaterra. Foto: Jonathan CooperAs partículas geralmente são puxadas para o Polo Norte e chegam ao sul quando há grande quantidade de partículas. Na foto, Gloucestershire, Inglaterra. Foto: Ian SmithAstrônomos dizem que uma ejeção de massa coronal ocorreu no Sol há até quatro dias e o material viajou em direção da Terra. Acima, região da Inglaterra. Foto: Ian GlendinningAs luzes, também vistas em Corbrige, Northumberland, Inglaterra, ocorrem quando o vento solar, ou partículas carregadas, são ejetadas do Sol a Terra. Foto: John LoganAcima, as luzes em Wick, também na Escócia. Foto: Andrew TraillAs luzes também fizeram um espetáculo em Foxley, Norfolk, um vilarejo no leste da Inglaterra. Foto: Chris Bell

Segundo o astrônomo, uma ejeção de massa coronal ocorreu no Sol há três ou quatro dias e todo o material viajou em direção da Terra. Thompson afirmou que as partículas geralmente são puxadas para o Polo Norte, mas se houver uma boa quantidade destas partículas, "elas vão viajar mais longe, em direção ao equador, e fazer com que as luzes apareçam mais ao sul".

"A última vez que vi (uma aurora boreal) tão espetacular foi, provavelmente, há 20 anos", acrescentou o astrônomo.

Leia tudo sobre: aurora borealgra bretanhathompsonespetacular

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas