Num único período de 6 meses de 2008, espiões invadiram webcams de quase 2 milhões de usuários, segundo o Guardian

O jornal britânico Guardian disse que o braço de inteligência do Reino Unido está roubando reproduções de tela de milhares de usuários de vídeos de webcams do Yahoo, incluindo uma grande quantidade de fotos íntimas.

Saiba mais: Relembre as principais denúncias sobre os programas de espionagem

Entre imagens reproduzidas por espiões britânicos estavam de vídeos com nudez
Getty Images
Entre imagens reproduzidas por espiões britânicos estavam de vídeos com nudez

O jornal disse que o centro de comunicações do governo britânico (GCHQ, na sigla em inglês) tem copiado os dados sensíveis ao interceptar conversas por vídeo como as oferecidas pelo Yahoo Messenger, em um esforço apelidado de Nervo Ótico.

O número total de usuários do Yahoo espionados não é esclarecido pelo Guardian, mas o jornal disse que, em um único período de seis meses em 2008, o GCHQ invadiu as comunicações por vídeo de quase 2 milhões de usuários.

Yahoo disse em uma nota que, se a informação for verdadeira, "representa um novo nível de violação da privacidade de nossos usuários". O GCHQ e a americana Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) não fizeram nenhum comentário.

Dia 13: Ativistas pedem asilo a Snowden no Brasil em petição assinada por 1,1 milhão

A denúncia é mais uma das revelações que vêm à tona desde o ano passado, quando o ex-prestador de serviços da NSA Edward Snowden revelou um amplo programa de espionagem online e telefônica dos EUA.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.