Ex-primeira-ministra e rival do presidente deposto, Yulia Tymoshenko estava presa desde 2011 por abuso de poder

A líder da oposição ucraniana e ex-primeira-ministra Yulia Tymoshenko foi libertada neste sábado (22) do hospital na cidade de Kharkiv onde passou a maior parte do tempo desde sua condenação em 2011.

Yulia Tymoshenko, lider da oposição na Ucrânia, é libertasda
STRINGER/REUTERS/Newscom
Yulia Tymoshenko, lider da oposição na Ucrânia, é libertasda

Tymoshenko, de 53 anos, foi acusada de abuso de poder por conta de um acordo sobre gás com a Rússia. Seus colegas de partiudo e líder ocidentais alegam que ela foi vítima de um julgamento político. Rival do presidente Viktor Yanukovich, ela acenou aos apoiadores  ao deixar o hospital de carro. 

Tanukovich foi deposto em votação realizada neste sábado, após uma semana de protestos sangrentos em Kiev, que terminou com 77 mortos, entre manifestantes e policiais. 

Veja imagens da revolta na Ucrânia:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.