Líder da centro-esquerda forma coalizão de governo na Itália

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Matteo Renzi, 39, se tornará o primeiro-ministro mais jovem da história italiana ao tomar posse com seu gabinete no sábado

O líder do Partido Democrático da Itália, Matteo Renzi, formou o novo governo do país, dizendo que sua ampla coalizão tem o objetivo de dar esperança à nação afetada por problemas econômicos.

Dia 17: Presidente da Itália pede que Renzi forme novo governo após renúncia de Letta

AP
Matteo Renzi, designado para o cargo de premiê na Itália, se encontra com repórteres no Palácio de Quirinale, em Roma

Dia 14: Premiê da Itália renuncia e deve ser substituído por Matteo Renzi

Renzi, que foi prefeito de Florença, se tornará o primeiro-ministro mais jovem da história italiana quando assumir o cargo na manhã de sábado juntamente com seu gabinete. A nova administração deverá ser submetida a um voto de confiança no Parlamento na segunda-feira.

Nesta sexta-feira, Renzi afirmou que objetiva transmitir uma "forte mensagem" à comunidade internacional de que seu governo realizará reformas econômicas e eleitorais rapidamente.

Alcançando o posto por meio de uma manobra dentro de seu partido de centro-esquerda, Renzi será o terceiro premiê italiano a chegar ao poder sem ser eleito. O último primeiro-ministro que concorreu em eleições foi Silvio Berlusconi, em 2008.

Na semana passada, Renzi orquestrou um motim dentro do PD para depor Enrico Letta como premiê, acusando-o de fracassar em dar impulso à economia italiana.

*Com Reuters e AP

Leia tudo sobre: itáliarenzi

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas