Onda de violência deixa dezenas de mortos na capital da Ucrânia, frustrando acordo de trégua alcançado no dia anterior

BBC

Confrontos entre manifestantes e forças do governo da Ucrânia deixaram dezenas de mortos, segundo informações vindas do país . Os confrontos aconteceram na capital, Kiev, e testemunhas disseram à BBC que alguns morreram por causa de um único tiro, ferimento típico em casos de disparos de franco-atiradores.

Mais cedo: Trégua fracassa e novo confronto deixa mais dezenas de mortos na Ucrânia

Confira no vídeo

' Ameaças': Rússia critica ameaça de sanções do Ocidente contra a Ucrânia

As imagens feitas no centro da cidade mostram atiradores da polícia e forças de segurança disparando pelas ruas e manifestantes tentando avançar e se proteger com escudos improvisados. O Ministério do Interior ucraniano pediu que os moradores da capital ficassem em casa pois, segundo o governo, as ruas estão ocupadas por "pessoas agressivas e armadas".

Acompanhe também pela galeria de fotos

Enquanto as batalhas continuam nas ruas, o salão de entrada no hotel Ukraina, no centro da cidade, transformou-se em uma espécie de clínica improvisada em que os manifestantes de oposição ao governo são levados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.