Presidente da França vai sozinho à visita de Estado nos EUA

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Hollande, 59, rompeu recentemente uma relação de longa data em meio a rumores de caso secreto com atriz

Reuters

Autoridades da Casa Branca estão deixando de lado o drama pessoal do presidente francês, François Hollande, e preparam uma visita de Estado que mostrará uma forte cooperação entre EUA e França como uma das prioridades globais.

Dia 24: Hollande visita papa Francisco em meio a rumor de caso secreto

Reuters
Presidente da França, François Hollande (foto de arquivo)

'Invasão de privacidade': Suposta amante de presidente francês processa revista

Hollande, de 59 anos, que recentemente rompeu com sua parceria de longa data depois de um suposto caso com uma atriz muito mais jovem, chega sozinho na segunda-feira para começar dois dias de pompa e cerimônia nos EUA.

Será a primeira visita de Estado que o presidente norte-americano, Barack Obama, e a primeira-dama, Michelle Obama, receberão em quase dois anos e meio, desde a visita do presidente sul-coreano em outubro de 2011.

A separação de Hollande e da jornalista Valerie Trierweiler, que era considerada a primeira-dama da França, causou ansiedade na Casa Branca, já que Hollande e Trierweiler foram citados no comunicado que anunciou a visita.

Mas como muitas coisas envolvendo a Casa Branca comandada por Obama, as autoridades se ajustaram rapidamente e estão preparando uma visita solo de Hollande e um jantar de Estado na noite de terça.

As autoridades tiveram de recorrer a uma experiência prévia como essa, que só ocorreu em 2007, quando o então presidente norte-americano, George W. Bush, recebeu o colega francês Nicolas Sarkozy num jantar oficial. Sarkozy havia acabado de se separar de sua mulher Cecilia.

"Não deve mudar nada e não vai", disse Anita McBride, que era chefe de gabinete da primeira-dama Laura Bush, sobre a visita de Hollande. "Ele pediu ao povo francês que respeite sua privacidade, e assumo que isso significa que os americanos devem respeitá-la também."

Leia tudo sobre: françaeuahollandejulie gayetvalérie trierweiler

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas