Universidade de Oklahoma retira alerta sobre disparos em campus após inspeção

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Em post publicado no Twitter, instituição primeiramente havia aconselhado que todos buscassem abrigo imediato

A Universidade de Oklahoma disse que as autoridades não encontraram nenhuma evidência de que tiros foram disparados no campus, acrescentando que também não há também feridos. A universidade está localizada em Norman, a cerca de 30 km da Cidade de Oklahoma.

Conheça a home do Último Segundo

AP
Polícia teve de atender a incidente com disparos no dia anterior na Universidade de Purdue, em West Lafayette, Indiana (21/2)

Segundo uma declaração da porta-voz Catherine Bishop, as operações estão normais no campus, com exceção de Gould Hall, onde uma verificação adicionais continua em andamento nesta quarta-feira.

As declarações foram feitas depois de a instituição ter divulgado em seu site e no Twitter que havia registros de disparos no campus, aconselhando todos a se abrigar em algum lugar. "Está em vigor a busca imediata por abrigo", diz o post no Twitter.

O incidente foi registrado um dia depois de um estudante de engenharia ter aberto fogo em uma sala de aula da Universidade de Purdue, Indiana, matando um assistente de professor e fazendo as autoridades fecharem o campus.

Dia 14: Atirador fere ao menos duas crianças ao abrir fogo em escola nos EUA

Cody Cousins, 23, que parece ter tido como alvo Andrew Boldt, 21, dentro do Prédio de Engenharia Elétrica, entregou-se a um policial minutos depois do ataque, disse o chefe policial John Cox.

Os investigadores agora tentam determinar uma motivação para o ataque, que aconteceu perto do meio-dia no campus em West Lafayette, a cerca de 100 km a noroeste de Indianápolis. Ninguém mais ficou ferido.

*Com AP

Leia tudo sobre: euaatiradoruniversidade de oklahomaoklahoma

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas