Papa Francisco pede a refugiados que não percam a esperança

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Pontífice afirmou que migrantes devem ter suas culturas respeitadas nos países onde se refugiarem

Agência Brasil

A situação precária enfrentada por milhões de migrantes e refugiados em todo o mundo foi o tema da oração dominical do papa Francisco neste domingo (19). Durante a Oração do Angelus, na Praça São Pedro, na cidade do Vaticano, o papa lembrou que hoje é o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado e pediu “o fim dos mercadores de carne humana”, se referindo a quem tira proveito da situação dessas pessoas.

Conheça a home do Último Segundo

AP Photo/Alessandra Tarantino
Papa Francisco pediu a acolhida dos refugiados


Francisco lembrou que os migrantes precisam ser defendidos daqueles que querem escravizá-los e devem ter suas culturas respeitadas nos países onde se refugiarem. Ele também pediu a acolhida dos refugiados.

O papa também dirigiu-se diretamente aos migrantes e refugiados pedindo que eles não desistam. “Não perca a esperança por um mundo melhor! Faço votos de que vocês possam viver em paz nos países que os acolhem, custodiando seus valores culturais de origem", disse Francisco, de acordo com a agência de notícias do Vaticano.

Um encontro com migrantes e refugiados em Roma estava marcado para esta tarde. Ao fim do sermão, o papa pediu que as milhares de pessoas presentes na Praça São Pedro rezassem pelos refugiados.

Leia tudo sobre: papa franciscorefugiadosmigração

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas