Em dezembro, um projeto de Constituição foi alterado para permitir que a eleição presidencial ocorra antes das eleições parlamentares

Reuters

O presidente do Egito vai anunciar a realização de eleições presidenciais em março, em um comunicado que deverá acontecer horas depois da divulgação do resultado final do referendo constitucional, neste sábado, de acordo com reportagem de uma publicação local.

Eleitores egípcios fazem fila em seção eleitoral no Cairo, Egito, para votar em referendo constitucional
AP
Eleitores egípcios fazem fila em seção eleitoral no Cairo, Egito, para votar em referendo constitucional

O jornal Al Tahrir citou Essam Eddine Abdel Aziz, primeiro vice-líder do Conselho de Estado, como tendo dito que o presidente Adly Mansour vai convocar os egípcios a participarem das eleições presidenciais.

Abdel Aziz também é membro do comitê de eleições presidenciais e parlamentares, que, segundo ele, vai começar a se reunir no domingo.

Em dezembro, um projeto de Constituição foi alterado para permitir que a eleição presidencial ocorra antes das eleições parlamentares, indicando uma possível mudança em um plano de transição política anunciado pelo Exército, depois que ele derrubou o primeiro presidente eleito livremente no Egito, em julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.