Presidente francês mantém 'caso turbulento' com atriz há dois anos, diz tabloide

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Em novas revelações, Closer diz que relação de Hollande com Gayet começou na campanha presidencial de 2012

A revista de fofoca francesa Closer publicou alegações de que o presidente francês, François Hollande, mantém há dois anos um "romance turbulento" com a atriz Julie Gayet. Segundo a publicação, a relação começou durante a campanha para as eleições presidenciais de 2012.

Conheça a home do Último Segundo

AP
Atriz francesa Julie Gayet posa para foto durante Festival de Cinema Internacional de Palm Springs, na Califórnia (7/1/2012)

'Invasão de privacidade': Suposta amante de presidente francês processa revista

As novas revelações foram feitas um dia depois de Gayet ter anunciado que processava a revista por invasão de privacidade

Hollande nunca se casou. Atualmente sua companheira oficial é Valérie Trierweiler, uma jornalista pela qual ele deixou Ségolène Royal, a mãe de seus quatro filhos. Ao comentar o caso da Closer há uma semana, Hollande afirmou à France Presse que ele, "assim como qualquer outro cidadão, tem direito à privacidade".

As revelações mergulharam a presidência em uma crise em que Valérie foi levada ao hospital na sexta-feira (10) porque precisava de um "descanso", segundo seu porta-voz. Ela continua internada.

Em suas últimas revelações, a Closer disse que o presidente francês de 59 anos usa um segunda apartamento em Paris para se encontrar com Gayet, uma estabelecida atriz de televisão e cinema de 41 anos que contracenou em mais de 50 filmes. Ela também já apareceu em um dos anúncios de campanha televisivos de Hollande.

Dia 14: Presidente da França pede privacidade sobre vida pessoal

Segundo a publicação, os dois passaram finais de semana juntos no sul da França, afirmando que Hollande deu desculpas para não ter de viajar no ano passado para a Grécia com Trierweiler para poder viajar com Gayet. A revista não publicou novas fotos, apesar de indicações prévias de que o faria.

Reuters
Presidente francês durante coletiva em que pediu respeito à privacidade de sua família (14/1)

No dia 10, o tabloide semanal publicou sete páginas de revelações e fotos sobre o suposto caso de Hollande com Gayet. A edição mostrou fotos que, diz, apoiam rumores de que o presidente passa rotineiramente noites com Gayet em um apartamento não distante do Palácio do Eliseu. Umas das fotos mostra um homem com capacete, que a revista identifica como sendo Hollande, chegando em uma moto dirigida por um chofer.

Uma representante da revista Closer relatou que a publicação recebeu na quinta-feira documentos legais de Gayet e seus advogados. O processo busca US$ 74 mil (quase R$ 175 mil) em danos e outras cobranças, além da publicação de um resumo de qualquer decisão judicial sobre o caso em sua primeira página.

Dia 10: Líder francês ameaça processar revista após matéria sobre suposto caso

Há uma semana, Hollande afirmou que sua "indignação era total" com a matéria, mas não foi adiante com sua ameaça de processar a publicação.

*Com BBC e AP

Leia tudo sobre: françahollandejulie gayetvalérie trierweiler

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas