Polícia britânica prepara primeiras detenções do caso Madeleine, diz jornal

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Investigadores querem interrogar assaltantes que atuavam na área onde menina desapareceu, segundo Daily Mirror

A polícia britânica prepara os procedimentos para fazer as primeiras prisões em suas investigações sobre o desaparecimento de Madeleine McCann, menina britânica que sumiu durante férias com a família na Praia da Luz, no Algarve (sul de Portugal), em 2007. Ela tinha, então, 3 anos de idade.

Conheça a home do Último Segundo

Getty Images
Kate e Gerry McCann mostram foto de sua filha desaparecida, Madeleine, em 06/06/2007 em Berlim, Alemanha

Outubro: Portugal ordena reabertura de investigação do caso Madeleine

Um porta-voz dos pais de Madeleine disse ao Daily Mirror que a polícia estava pronta para prender e interrogar "suspeitos-chave". A Scotland Yard confirmou que enviou uma requisição internacional às autoridades portuguesas, mas não especificou seu conteúdo.

Entretanto, o Mirror disse que oficiais se preparam para viajar ao Algarve na noite de domingo para falar com três assaltantes que realizaram incursões no resort português onde Madeleine desapareceu.

A polícia britânica lançou sua própria investigação sobre o desaparecimento em julho do ano passado e, em outubro, quando surgiram novas informações sobre o caso no programa Crimewatch da BBC, autoridades disseram que tentavam rastrear as pessoas por trás de uma série de assaltos na região do complexo Ocean Club, principalmente nos primeiros meses de 2007. Também houve um incidente que aconteceu quase exatamente um mês antes do sequestro, quando crianças em um apartamento no térreo viram um invasor entrar por meio de uma porta no pátio e olhar um berço de viagem, roubando nada.

Scotland Yard: Polícia britânica tem nova pista no sumiço da menina Madeleine

No início deste mês, o Mail informou que análise de dados de celular sugerem que uma gangue de assaltantes estava abrindo uma operação muito perto de onde Madeleine sumiu e fez um número de chamadas telefônicas muito alto nas horas posteriores ao desaparecimento da menina.

O porta-voz de Kate e Gerry McCann said: "A requisição é um avanço importante. É necessário para a polícia britânica pedir que as autoridades portuguesas lhe permitam atuar em seu território."

Caso Madeleine: Duas testemunhas teriam dado mesmo nome a suspeito

"Isso significa que eles têm a intenção de prender e entrevistar X, Y ou Z. Não sabemos quem seriam essas pessoas, mas é provável que sejam os assaltantes."

A polícia portuguesa, que chegou a tratar os pais como suspeitos, reabriu sua própria investigação em outubro, mais de três anos depois de tê-la arquivado. Sua investigação corre paralelamente ao inquérito da Scotland Yard, mas o comissário da polícia britânica pediu que as duas forças se unam como um time.

Leia tudo sobre: madeleine mccannmadeleinecaso madeleinereino unidoportugal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas