Jovem de Sorocaba, no interior de São Paulo, mora há dois anos nos EUA e voltaria ao Brasil para renovar visto

Agência Estado

O estudante Francisco Fernando Cruz, de 22, foi preso na última quinta-feira (9), no aeroporto de Miami, nos EUA, após ser identificado como o autor de mensagens eletrônicas com ameaças de bomba em um avião. Com família em Sorocaba, interior de São Paulo, Cruz está morando temporariamente na cidade americana de Montclair, em New Jersey, onde faz um curso de publicidade.

Conheça a home do Último Segundo

Em mensagens enviadas à empresa TAM Linhas Aéreas e à polícia americana, ele fez o alerta para uma bomba num avião que partiria de Miami com destino a Brasília. Cruz está há dois anos nos EUA e viajaria para o Brasil para renovar o visto de permanência no país. O estudante foi preso quando tomava o mesmo voo a que se referira nas mensagens.

Mais: Avião faz pouso de emergência no Marrocos após ameaça de bomba

A polícia chegou ao rapaz após rastrear a origem dos emails. Num deles, enviado de um computador da faculdade de Montclair, uma câmera gravou a imagem de Cruz. Ao ser detido no aeroporto, o brasileiro teve a bagagem revistada, mas nada foi encontrado. A aeronave foi liberada para levantar voo. A polícia americana quer que o brasileiro responda pela ameaça à segurança do voo.

A família de Cruz, em Sorocaba, informou que já fez contato com um advogado para acompanhar o caso. O advogado entrou em contato com o Consultado do Brasil em Miami, que também acompanha o caso. De acordo com os familiares, o estudante não tem antecedentes criminais e, se realmente autor das mensagens, ele agiu sem má-fé.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.