Dilma diz que nomeação de Dom Orani como cardeal é uma alegria

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

No Twitter, governador e prefeito do Rio também celebram nomeação feita por papa neste domingo

Agência Estado

A presidente Dilma Rousseff afirmou em sua página no Twitter que recebeu com alegria a nomeação do arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, da Ordem Cisterciense, para cardeal. "Recebi com alegria a notícia que Dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, foi tornado cardeal pelo papa", afirmou a presidente.

Conheça a home do Último Segundo

AP
Arcebispo Dom Orani João Tempesta dá sermão no Dia Mundial da Juventude, Rio (12/7/2013)

19 cardeais: Papa nomeia brasileiro como cardeal

Também pelo Twitter, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), e o governador do Estado, Sérgio Cabral (PMDB), parabenizaram a nomeação de Dom Orani para cardeal.

"Estou muito feliz e o Rio está feliz! Dom Orani tem feito um lindo trabalho pastoral à frente da Igreja Católica. Dedicado aos mais humildes e sempre integrado com todas as demais denominações religiosas nos esforços para melhorar a vida do povo carioca. Participamos ativamente da conquista da Jornada Mundial da Juventude. Estávamos juntos em 2011 em Madri quando o papa Bento 16 anunciou o Rio de Janeiro como sede da próxima Jornada. Parabéns, Dom Orani! Querido do povo carioca e brasileiro!", afirmou Cabral.

Dom Orani: Nomeação para cardeal é uma graça divina

Paes também se manifestou pelo Twitter: "Uma alegria para nossa cidade a designação de D. Orani como cardeal anunciada pelo papa Francisco agora pela manhã. Nosso arcebispo, agora cardeal, é um grande parceiro na transformação que promovemos no Rio. Apoiando, alertando e criticando quando necessário. Mesmo quem não é católico tem enorme respeito e admiração por D. Orani. Viva papa Francisco - que nos deixou com saudades - pela decisão. Viva D. Orani!", disse o prefeito do Rio de Janeiro.

Mais cedo, o papa Francisco fez o anúncio de nomeação de 19 novos cardeais vindos da Ásia, África, América do Norte e do Sul. O italiano Dom Lorenzo Baldisseri, que foi Núncio Apostólico no Brasil, também compõe a lista. A cerimônia que oficializará a indicação dos 19 novos cardeais está marcada para o 22 de fevereiro no Vaticano.

Cenário: Escolha do papa de novos cardeais dá ênfase aos pobres

O arcebispo do Rio de Janeiro afirmou que foi pego "de surpresa" com a notícia de nomeação. "Quando soube, estava no carro, indo para um compromisso, após rezar uma missa às 8 horas. Deu um frio na barriga, porque é uma nova responsabilidade, mas depois a gente se refaz e vai aceitando a graça de Deus", afirmou.

Antes da nomeação dos cardeais, o papa Francisco celebrou o batizado de 32 bebês na Capela Sistina. Veja galeria de fotos da cerimônia:

Papa Francisco realiza batismo de bebê durante cerimônia no Vaticano. Foto: L' Osservatore Romano/ APPapa Francisco abençoa bebê durante batismo no Vaticano. Foto: APPapa Francisco batiza criança na Capela 
Sistina, Vaticano
. Foto: APPapa Francisco abençoa bebê durante batismo no Vaticano
. Foto: L' Osservatore Romano/ APFoto mostra pia batismal usada em cerimônia na Capela Sistina, Vaticano. Foto: APPapa Francisco deixa Capela Sistina após realizar cerimônia de batismo de 32 bebês no Vaticano. Foto: L' Osservatore Romano/ AP

*Com Agência Estado

Leia tudo sobre: papa franciscovaticanoigreja católicadom oranicardeal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas