Onda de frio polar pode quebrar recordes de décadas de temperaturas baixas e congelar peles expostas em minutos

A região leste dos EUA tremeu nesta segunda-feira enquanto um perigoso vórtice frio de ar denso conhecido como "redemoinho polar" ameaçou quebrar recordes de décadas e congelar peles expostas em minutos.

Conheça a nova home do Último Segundo

Mulher caminha perto de estação de trem em Chicago
AP
Mulher caminha perto de estação de trem em Chicago

Vídeo: Frio faz água fervendo congelar em pleno ar em Chicago

As péssimas condições climáticas vêm depois de uma tempestade de neve ter atingido boa parte da região durante o fim de semana. Autoridades fecharam escolas em Chicago, e em outras cidades do centro-oeste funcionários alertaram os residentes a permanecer dentro de casa. 

Mais de 1 mil voos foram cancelados no domingo nos aeroportos através da região. "É apenas um frio perigoso", disse o metereologista Butch Dye, di Serviço Nacional do Clima.

Domingo: Frio 'ameaçador' atinge região centro-oeste dos Estados Unidos

A previsão é extrema: -35°C na Dakota do Norte e -26°C em Mineápolis, Indianápolis e Chicago. A sensação térmica pelo vento pode cair de -45°C para -51°C.

Na cidade de Nova York, a previsão é de que a temperatura caia drasticamente de cerca de 11°C para cerca de -12°C durante a madrugada com a chegada do ar ártico.

Não se registravam essas temperaturas em quase duas décadas em muitas partes do país. Ulcerações provocadas pelo frio e hiportemia podem acontecer em poucos minutos.

"Eu vi ulcerações acontecerem através das vestimentas", disse Douglas Brunette, um médico de uma sala de emergência em Mineápolis. "Não é suficiente apenas estar coberto. Você precisa de roupas para os elementos da natureza. Você precisa repelir o vento."

O prefeito de Indianápolis elevou o nível de emergência de viagem da cidade para "vermelho", tornando ilegal para qualquer pessoa dirigir, exceto para emergências ou para buscar abrigo. A última vez em que a cidade emitiu um alerta de viagem foi em 1978.

Muitas cidades estão praticamente paradas. As escolas foram canceladas nesta segunda-feira no Estado de Minnesota. Escritórios do governo e tribunais em vários Estados estão fechados.

Os Estados no sul do país também se preparam para possíveis temperaturas frias recordes. 

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.