Chanceler alemã teve fratura parcial e cancelou agenda para as próximas três semanas, informou porta-voz

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, sofreu um acidente quando praticava esqui na Suíça, informou o seu porta-voz nesta segunda-feira. Na queda, a líder sofreu uma contusão grave com uma fratura parcial da região pélvica.

Conheça a home do Último Segundo

Leia também: Em coma, Schumacher segue em estado crítico e 'lutando pela vida'

Merkel após gravação do seu discurso de Ano Novo aos alemães no último dia 30
AP
Merkel após gravação do seu discurso de Ano Novo aos alemães no último dia 30

A agenda do governo foi cancelada para as próximas três semanas. Merkel praticava esqui cross-country em Enganide e está em repouso absoluto, o que adiou sua volta ao trabalho. Ainda segundo o porta-voz, a chanceler não esquiava em alta velocidade no momento do acidente. A queda teria ocorrido durante o feriado de Natal, em dezembro.

Entre os compromissos cancelados, estavam uma visita à Polônia, que seria realizada na quarta-feira (8), e uma recepção ao primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, no dia seguinte (9).

O caso chama atenção após outra personalidade alemã ter sofrido um acidente de esqui nos Alpes. O ex-piloto Michael Schumacher sofreu traumatismo craniano após grave queda, no dia 29, em Grenoble, na França. Ele está em coma induzido.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.