Centenas de médicos e farmacêuticos são multados em caso de suborno na Croácia

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Gestores são acusados de criar rede para oferecer dinheiro, presentes e viagens para elevar venda de remédio

Reuters

Cerca de 300 médicos e farmacêuticos estão entre os 364 suspeitos que foram multados na Croácia por oferecer e aceitar subornos em troca de receitar certos remédios.

Conheça a home de Último Segundo

Os principais acusados no caso são os gestores de uma empresa farmacêutica local, que são acusados de planejar o esquema, disseram promotores estaduais em seu site no sábado.

Eles não nomearam a empresa, em linha com as práticas legais na Croácia, que se juntou à União Europeia em julho, após elevar seu combate contra a corrupção.

Os gestores são acusados de criar uma rede de médicos e farmacêuticos e oferecê-los dinheiro, presentes valiosos e viagens pagas com o objetivo de elevar as vendas de seus remédios, disseram os promotores.

O caso envolve o maior número de indiciados desde a independência da Croácia em 1991.

Leia tudo sobre: MUNDOCROACIAMEDICOSLEGAL

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas