Ataque a bomba provoca mais de dez mortes em estação de trem na Rússia

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ao menos 13 morreram em ataque a estação de trem em Volgogrado, onde outro ataque matou seis em outubro

Ao menos 13 pessoas morreram no ataque de uma mulher-bomba ao hall de entrada da estação central de trem da cidade de Volgogrado, no sul da Rússia, por volta das 12h45 hora local (6h45 horário de Brasília) deste domingo (29), de acordo com autoridades locais. Um porta-voz do Ministério de Saúde disse à emissora Rossiya-24 que ao menos 50 pessoas ficaram feridas. Nenhum grupo reivindicou ainda a autoria do ataque.

Conheça a home do Último Segundo

Assista ao vídeo do momento do ataque:

Um comitê investigativo estatal disse que a suicida detonou os explosivos em frente a um detector de metal dentro da principal entrada da estação de Volgograd. Imagens de TV mostraram uma grande bola de fogo que encheu de fumaça o hall de entrada da estação.

Reprodução
Equipes médicas prestam socorro às vítimas após explosão em estação de trem

Este é o segundo ato terrorista registrado no país em três dias. Na sexta-feira (27), um carro-bomba matou três na cidade russa de Pyatigorsk, 270 km a leste de Sochi. 

Em outubro, também em Volvogrado, seis pessoas morreram e 30 ficaram feridas em um outro ataque a um ônibus provocado por uma mulher-bomba.

O ato deste domingo aumenta ainda mais a preocupação em torno de possíveis atos terroristas durante os Jogos Olímpicos de Inverno que serão disputados a partir de 7 de fevereiro na cidade de Sochi, no Mar Morto.

Volgogrado é uma cidade de 1 milhão de habitantes, a cerca de 690 km a nordeste de Sochi. A localidade fica perto do Cáucaso Norte, uma faixa povoada por províncias muçulmanas afetadas por violência diária e uma antiga insurgência islamita. O líder insurgente Doku Umarov, um militante checheno, pediu a rebeldes em um vídeo publicado na Internet em julho a usar "força máxima" para impedir que Putin apresente-se nas Olimpíadas.


Leia tudo sobre: mundorússiaterrorismoataqueataque terroristavolgogrado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas