Ao menos 18 oficiais do exército do Iraque morrem em emboscada

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Diversas fontes disseram que três homens-bomba usando cinturões com explosivos se explodiram entre os oficiais

Reuters

Pelo menos 18 oficiais do exército do Iraque foram mortos em uma emboscada neste sábado (21) na província de Anbar, de maioria sunita, disseram fontes militares.

Conheça a home do Último Segundo

O comandante da Sétima Divisão do exército, assim como o comandante de sua 28ª Brigada e vários outros oficiais de alta patente, estão entre os mortos no ataque, informaram as fontes. Outros 32 soldados ficaram feridos.

Não ficou claro por que tantos oficiais graduados estavam na área, controlada basicamente por militantes sunitas ligados à Al Qaeda, mas algumas fontes insinuaram que foram documentar uma vitória militar recente nas imediações.

Diversas fontes disseram que três homens-bomba usando cinturões com explosivos se explodiram entre os oficiais dentro de uma casa deserta na cidade de Rutba, 360km a oeste da Bagdá. "Tudo que sabemos até agora é que três homens-bomba usando coletes com explosivos chegaram do nada e se detonaram entre os oficiais", disse à Reuters, por telefone, um militar presente no local.

O primeiro-ministro Nuri al-Maliki ordenou o envio de tropas à área para iniciar uma operação de busca dos militantes que realizaram o ataque, disseram as fontes.

Em outro incidente, o comandante em chefe da força policial em Shirqat, 300 km ao norte de Bagdá, foi morto e quatro de seus oficiais foram feridos quando uma bomba à beira da estrada explodiu junto a seu comboio, disseram fontes policiais e médicas.

Leia tudo sobre: MUNDOIRAQUEATENTADOEXERCITO

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas