Premiê britânico explica 'selfie' com Obama em tributo a Mandela

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Cameron diz ter considerado força de união de Mandela ao aceitar pedido para foto: 'Seria educado dizer sim'

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse nesta quarta-feira que estava sendo apenas educado quanto posou sorridente para uma "selfie" (autorretrato na linguagem das redes sociais) com o presidente dos EUA, Barack Obama, e a primeira-ministra da Dinamarca, Helle Thorning-Schmidt, durante a cerimônia de homenagem a Nelson Mandela na África do Sul.

Conheça a home do Último Segundo

Fotógrafo: Mulher de Obama não estava aborrecida com 'selfie'

Presidente dos EUA, Barack Obama (D), tira selfie com premiês da Dinamarca, Helle Thorning Schmidt (C), e do Reino Unido, David Cameron , em cerimônia por Mandela. Foto: Getty ImagesMenino com o rosto pintado durante tributo ao ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. Foto: APA presidente Dilma Rousseff chega ao Estádio FNB. Ela foi uma das oradoras da cerimônia a Nelson Mandela. Foto: ReutersO presidente dos EUA, Barack Obama, desembarca ao lado de Michelle Obama. Foto: APRosto de Nelson Mandela é visto em telão durante serviço em sua memória no Estádio FNB, em Johanesburgo. Foto: APGraça Machel, viúva de Nelson Mandela, durante a cerimônia de homenagem ao ícone antiapartheid
. Foto: APA atriz sul-africana Charlize Theron e o cantor Bono são vistos no estádio. Foto: APImagem do ex-presidente Nelson Mandela, que morreu aos 95 anos, é vista. Sob chuva, milhares de sul-africanos acompanharam as cerimônias. Foto: APBarack Obama e sua esposa, Michelle Obama, olham folheto oficial durante a cerimônia de homenagem a Mandela. Foto: ReutersPresidente Dilma Rousseff acena ao chegar a cerimônia de memória a Nelson Mandela. Ela foi uma das oradoras da homenagem. Foto: APApesar da chuva, milhares de sul-africanos foram ao estádio homenagear o ícone antiapartheid. Foto: ReutersDilma observa o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cumprimentar o presidente cubano, Raul Castro . Foto: ReutersDurante a cerimônia, presidente Obama se encontra com o presidente cubano, Raúl Castro, e aperta sua mão no Estádio FNB em Soweto. Foto: APSul-africanos acompanham discurso de Obama. O presidente dos Estados Unidos disse que Nelson Mandela foi um "gigante da história" e o "último grande libertador do século". Foto: APA ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton cumprimenta o ex-primeiro-ministro britânico John Major . Foto: APObama beija a viúva de Nelson Mandela, Graça Machel, durante a cerimônia em memória ao ex- memorial para o ex-presidente. Foto: APMulher segura imagem de Nelson Mandela e se emociona durante tributo ao ícone antiapartheid. Foto: APPresidente sul-africano, Jacob Zuma, fará o principal discurso da cerimônia. Ele foi vaiado pelos presentes. Foto: ReutersO ex-primeiro-ministro britânico John Major, centro, cumprimenta o ex-presidente dos EUA, George W. Bush. Mais a frente, o também ex-presidente dos EUA, Bill Clinton. Foto: APSul-africanas abraçam imagem de Nelson Mandela durante uma cerimônia em Johanesburgo em homenagem ao ex-presidente. Foto: ReutersA rainha Rania, da Jordânia, também esteve presente na cerimônia que lembrou o ex-presidente Nelson Mandela. Foto: ReutersHomem segura foto de Mandela ao entrar no estádio. Foto: APPresidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, chega ao estádio para acompanhar o tributo. Foto: ReutersSecretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o presidente sul-africano, Jacob Zuma, acompanha homenagem. Foto: APDurante a cerimônia de homenagem a Nelson Mandela, mulher lê um jornal. Milhares acompanharam tribuno. Foto: ReutersA modelo Naomi Campbell chega ao Estádio FNB em Soweto, onde o ex-presidente Nelson Mandela receberá homenagens que fazem parte do seu funeral. Foto: APO ex-presidente da França Nicolas Sarkozy e seu sucessor, François Hollande, participam da cerimônia. Na foto, acima, primeiro-ministro italiano Enrico Letta e sua esposa. Foto: ReutersSul-Africanos aguardam em portão para participar de homenagem ao ex-presidente Nelson Mandela, que morreu aos 95 anos. Foto: ReutersSob chuva, grupo chega para acompanhar homenagem a Mandela. Foto: APMulheres posam ao chegar no Estádio Soccer City . Foto: APPresidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi um dos oradores da cerimônia. Foto: APMultidão começa a lotar o Estádio FNB (Soccer City) em Soweto. A chuva que caia  afastou muitos da cerimônia. Foto: ReutersPresidente da Índia, Pranab Mukherjee, chega ao evento em memória de Nelson Mandela. Foto: AP
Winnie Mandela, ex-mulher do ex-presidente, é vista no Estádio FNB (Soccer City) em Soweto, onde acontecem as homenagens
. Foto: Reuters

A afirmação foi feita após críticos afirmarem que a cena era uma mostra de desrespeito. Muitos tabloides britânicos estamparam a foto em suas capas nesta quarta-feira. Brincando com a expressão "self respect" (respeito próprio), o The Sun publicou a manchete: "No selfie respect." Para o tabloide, a foto seria uma gafe e uma demonstração de falta de respeito com o político sul-africano.

Na África do Sul: Conversa de Obama com premiê parece incomodar Michelle

Quando questionado sobre isso na sessão semanal de perguntas ao primeiro-ministro no Parlamento britânico, Cameron disse em meio às risadas dos parlamentares que Mandela uniu as pessoas - então pensou que "seria educado dizer sim" para o pedido de foto feita por Thorning-Schmidt, a nora do ex-líder do Partido Trabalhista Neil Kinnock.

Galeria de fotos: Carisma de Obama faz sucesso entre as mulheres

"Você deve sempre lembrar que as câmeras de TV estão sempre ligadas", disse o premiê ao Parlamento. "Em minha defesa, eu diria que Nelson Mandela teve um papel extraordinário na sua vida e na sua morte em unir as pessoas."

Um porta-voz do primeiro-mininistro afirmou que o evento havia sido mais uma "celebração" da vida de Mandela do que um funeral, que será no domingo. Do outro lado do Atlântico, o New York Daily News afirmou que o comportamento de Obama havia sido impróprio.

*Com Reuters e AP

Leia tudo sobre: cameronobamaselfie de obamamorte de mandela

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas