Família de brasileiros é encontrada morta na própria casa nos Estados Unidos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Corpos estavam na garagem da residência, dentro de condomínio de luxo, em estado de decomposição

Uma família de brasileiros, composta por um casal e uma menina de 10 anos de idade, foi encontrada morta na própria casa, em um condomínio fechado de luxo da Flórida, nos Estados Unidos. As informações são do jornal britânico Daily Mail. De acordo com a publicação, a polícia encontrou os cadáveres em estado avançado de decomposição, o que significa que eles estariam mortos há pelo menos três semanas.

Conheça a nova home do Último Segundo

Marido, mulher e filha foram encontrados mortos dentro de casa. Foto: Reprodução/FacebookMarcio Ferraz do Amaral . Foto: Reprodução/FacebookCledione Amaral  e a filha. Foto: Reprodução/Facebook

Marcio Ferraz do Amaral , de 45 anos , sua esposa Cledione , 34, e sua filha Wendy, 10, só foram encontrados no sábado (7), quando o gerente do condomínio mandou um funcionário procurá-los na residência, em Lake Nona, perto de Orlando, porque eles estavam com o aluguel atrasado.

Relembre outros casos:

Brasileiro tem morte cerebral após tentar apartar briga na Austrália

Estudante brasileiro é encontrado morto na Austrália

Sumiço de mãe e filha faz polícia francesa reabrir caso de brasileira

Assim que se aproximou da porta, o funcionário do condomínio sentiu um cheiro forte e resolveu chamar a polícia. A casa foi arrombada e os corpos foram encontrados dentro do carro, na garagem. Não havia sinais de arrombamento, nem qualquer trauma nos corpos. Por isso, a polícia trabalha para descobrir como a família morreu. A principal suspeita é que a família tenha se suicidado.

Vizinhos relatam que a família parecia ser normal e feliz. De acordo com o jornal, o marido era piloto de avião de uma companhia aérea brasileira. Já Cledione trabalhava temporariamente na Disney. Eles estavam morando na casa há cinco anos.

Leia tudo sobre: brasileirosmortosFlóridaEUAEstados Unidosbrasileiros no exterior

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas