Primeiro presidente negro sul-africano será enterrado no dia 15; Dilma também viajará a país em homenagem a líder

O presidente dos EUA, Barack Obama, e a primeira-dama Michelle Obama viajarão à África do Sul na próxima semana para participar dos eventos do funeral de Nelson Mandela , ex-presidente sul-africano que morreu na quinta-feira.

Conheça a home do Último Segundo

Infográfico:  Nelson Mandela e a África do Sul

Pinturas do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela (E) e do presidente Barack Obama são vistas em rua de Lagos, Nigéria
AP
Pinturas do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela (E) e do presidente Barack Obama são vistas em rua de Lagos, Nigéria

Saiba mais: Leia todas as notícias sobre a morte de Mandela

Ícone antiapartheid: Morre aos 95 anos Nelson Mandela

"O presidente Obama e a primeira-dama vão à África do Sul na semana que vem para prestar suas homenagens à memória de Nelson Mandela e participar dos eventos do funeral. Divulgaremos mais atualizações sobre horários e logística quando estiverem disponíveis", afirmou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, em comunicado.

O primeiro presidente negro da África do Sul será enterrado com honras de chefe de Estado no domingo de 15 de dezembro na aldeia de Qunu, no sul do país, onde foi criado, anunciou o presidente Jacob Zuma. Diversos líderes mundiais são esperados para o funeral, incluindo a presidente Dilma Rousseff .

Veja momentos mais marcantes da vida de Mandela:

Galeria de fotos: Veja imagens de Mandela, ex-presidente da África do Sul

Em luto: África do Sul e mundo prestam homenagem a Mandela

Mandela morreu na quinta-feira aos 95 anos. Em declarações após sua morte, Obama disse que ele é um dos incontáveis milhões que se inspiraram pelo líder sul-africano.

"Ele não mais pertence a nós. Ele pertence à história", disse Obama na Casa Branca. "Eu sou um dos incontáveis milhões de se inspiraram com a vida de Mandela", continuou. "E, assim como tantos outros ao redor do globo, não posso imaginar minha própria vida sem o exemplo dado por Mandela."

Repercussão: Líderes mundiais lamentam morte de Mandela

'Herói', 'símbolo' e 'modelo': Mandela é unanimidade na imprensa mundial

A ascensão política de Obama atraiu comparações inevitáveis com Mandela. Ambos venceram o Prêmio Nobel da Paz e se tornaram os primeiros negros a liderarem seus países.

Veja homenagens a Mandela na África do Sul:

Entretanto, os dois só se encontraram pessoalmente uma única vez, um rápido encontro em um quarto de hotel em Washington em 2005, quando Obama era senador. A doença de Mandela evitou um encontro com Obama neste ano, quando visitou a África do Sul como presidente.

*Com Reuters e AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.