Testemunhas dizem que composição trafegava em velocidade muito superior à habitual. Segundo policiais, acidente deixou ao menos 63 feridos

Uma composição da linha férrea Metro-North descarrilou na manhã deste domingo (1) em Nova York nas proximidades da estação Spuyten Duyvil, na região do Bronx, populoso subúrbio da cidade. Uma fonte da polícia metropolitana disse que há ao menos quatro mortos e 63 feridos, seis deles em estado grave.

Conheça a nova home do Último Segundo

Ao menos quatro vagões da composição descarrilaram e ficaram a metros do rio Hudson, que a linha margeia. Passageiros disseram à WABC-TV que o trem parecia estar numa velocidade muito superior que a habitual. O acidente ocorreu às 7h20 (hora local, 10h20 em Brasília).

Entre policiais e bombeiros, as equipes de resgate somam mais de 100 pessoas. Segundo moradores da região ouvidos pela emissora de televisão ABC, o excesso de velocidade neste trecho da linha, onde existe uma perigosa curva, é habitual. "Moro aqui há seis anos e este é o quarto acidente que presencio", disse uma testemunha à emissora.

Apesar da presença de agentes do FBI, a polícia federal norte-americana, no local do acidente, autoridades descartaram a possibilidade de uma ação terrorista e trabalham apenas com a hipótese de acidente.

Veja o local do acidente, nos EUA:

A estação fica a cerca de 25 minutos do centro de Nova York e a linha, administrada pela MTA (sigla de Metropolitan Transportation Authority), é a segunda mais movimentada dos Estados Unidos em número de passageiros transportados.

A linha Metro–North faz a ligação entre Nova York e Connecticut, passando pelos subúrbios de Port Jervis, Spring Valley, Poughkeepsie e Wassaic. Em Connecticut, atende New Canaan, Danbury, Waterbury e New Haven.

Não foi o primeiro acidente no local. Em julho, dez carros de uma composição de carga tombaram na linha, provocando seu fechamento por vários dias até que a área fosse totalmente limpa. Veja no vídeo abaixo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.