Polícia canadense prende homem sob suspeita de espionagem para a China

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Autoridades acreditam que cidadão canadense buscava informações técnicas sobre a construção naval do país

Reuters

A polícia prendeu um homem em Toronto, no Canadá, sob suspeita de que ele estivesse tentando fornecer informações sobre as práticas de construção naval do país para a China, afirmaram autoridades de segurança neste domingo (1º).

Conheça a nova home do Último Segundo

AP
Larry Tremblay, diretor-geral da Real Polícia Montada do Canadá, durante coletiva neste domingo

Jennifer Strachan, superintendente-chefe da Real Polícia Montada do Canadá, disse em coletiva que a polícia tomou conhecimento inicialmente de acusações em torno do canadense Qing Quentin Huang, de 53 anos, na quinta-feira (28), e prendeu Huang, cidadão canadense, neste sábado.

"Nesses casos, a partilha de informação pode dar a uma entidade estrangeira uma vantagem tática, militar ou competitiva, por conhecer características das embarcações responsáveis pela defesa das águas e da soberania canadense", disse.

A conferência de imprensa, realizada neste fim de semana, envolveu funcionários de muitas agências de segurança, incluindo de várias forças policiais, serviços de fronteira e da agência de espionagem secreta, o Serviço Canadense de Inteligência de Segurança.

(Reportagem de Janet Guttsman)

Leia tudo sobre: espionagemprisãochinacanadá

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas