Ministros árabes pressionam por governo de transição na Síria

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Autoridades querem que apenas o grupo oposicionista Coalizão Nacional participe das negociações

Reuters

RIAD - A conferência para tratar da paz na Síria, prevista para janeiro, precisa estabelecer as condições para um governo de transição e não deve envolver nenhum grupo de oposição além da Coalizão Nacional, disseram ministros árabes.

Em comunicado divulgado na quarta-feira (27) após uma reunião no Kuwait, ministros de Relações Exteriores do Conselho de Cooperação do Golfo, com seis membros, disseram ainda esperar que o acordo preliminar do Irã com países do Ocidente leve a um entendimento sobre a crise por causa do programa nuclear do país.

"Os ministros ressaltaram a importância de reforçar o apoio internacional para que a oposição seja representada pela Coalizão Nacional na conferência de Genebra 2", disse o comunicado.

Leia tudo sobre: Síria

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas