Vitória do candidato governista em Honduras é "irreversível", diz tribunal

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Juan Hernández sai vitorioso das eleições presidenciais com dois terços dos votos contados; oposição contesta

O Supremo Tribunal Eleitoral de Honduras informou, nesta segunda-feira à noite, que o candidato governista Juan Orlando Hernández, do Partido Nacional, lidera a votação presidencial e que a sua vitória é "irreversível", com dois terços dos votos já contados.

Conheça a nova home do Último Segundo
Candidata de esquerda contesta resultado parcial da eleição em Honduras

AP
Candidato Juan Orlando Hernández já comemorava vitória nas eleições do País antes do resultado


Hernandez lidera com 34,08% dos votos, cerca de 5 pontos percentuais acima dos 28,92% de Xiomara Castro, do Partido Liberdade e Refundação (Libre). O presidente do Supremo Tribunal Eleitoral, David Matamoros, disse que os resultados não vão sofrer alterações.

Candidato governista tem vantagem apertada nas eleições de Honduras

Entenda: Honduras realiza eleições presidenciais no domingo

Na noite de domingo (24), os dois principais candidatos - Hernandez e Xiomara Castro - proclamaram-se vencedores das eleições, embora a contagem oficial tivesse sido sempre favorável a Juan Orlando Hernández.

*com Agência Brasil

Leia tudo sobre: honduraseleiçõeshernándezxiomara castrozelaya

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas