Polícia usa cassetetes e gás em protesto na Ucrânia por entrada na UE

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestantes prometem continuar nas ruas até o governo retomar as negociações de adesão à União Europeia

BBC

Milhares de manifestantes tomaram as ruas das principais cidades da Ucrânia. Eles mostram insatisfação com a decisão do governo de suspender a assinatura do acordo que dá início ao processo de entrada do país na União Europeia.

Conheça a nova home do Último Segundo

Cassetetes e gás lacrimogênio foram usados para conter a multidão. No entanto, os líderes dos protestos prometem continuar nas ruas até que o governo retome o acordo com a União Europeia.

O presidente, Viktor Yanukovych, afirmou em cadeia nacional de TV que não desistiu do tratado. Ele diz querer apenas proteger as pessoas mais vulneráveis.

O governo teme desemprego em massa com a adesão à União Europeia. Mas opositores alegam que a reviravolta do governo está ligada a pressão da Rússia.

Leia tudo sobre: ucrâniaunião europeiaprotestosviolência

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas