Obama busca tranquilizar Israel sobre acordo nuclear com Irã

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente dos EUA conversou com premiê por telefone e teria citado que deseja consultas do país sobre o tema

Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tentou tranquilizar o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, no domingo (24), após acordo nuclear entre Irã e outras seis potências. O líder americano teria citado ainda que deseja iniciar imediatamente consultas com Israel sobre o assunto.

Conheça a nova home do Último Segundo
Entenda: Irã e seis potências firmam acordo sobre programa nuclear

AP
Obama desembarca do avião presidencial no aeroporto de Seattle no domingo (24)


Obama falou com Netanyahu por telefone antes de deixar a Casa Branca para participar de um evento de arrecadação do Partido Democrata na costa oeste. O porta-voz da Casa Branca Josh Earnest disse aos repórteres a bordo do avião presidencial Air Force One que os dois líderes reafirmam o compromisso de impedir que o Irã consiga uma arma nuclear.

Antes: Líder supremo do Irã nega que país vá ceder em diálogo nuclear

Chanceler britânico acredita que acordo com Irã está ao alcance

Artigo: Mudança de postura dos EUA com Irã redesenha relações no Oriente Médio

"Coerente com o nosso compromisso de consultar atentamente nossos amigos israelenses, o presidente disse ao primeiro-ministro que ele quer que os Estados Unidos e Israel iniciem consultas imediatamente em relação ao nosso esforço para negociar uma solução abrangente", disse Earnest.

"O presidente ressaltou que os Estados Unidos vão permanecer firmes em nosso compromisso com Israel, que tem boas razões para ceticismo sobre as intenções do Irã", disse.

(Reportagem de Jeff Mason)

Leia tudo sobre: acordo nuclearirãeuaobamanetanyahu

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas