Milhares vão às ruas e exigem renúncia de premiê na Tailândia

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Projeto de lei teria desencadeado protestos em ao menos 13 regiões de Bangcoc. Prédios públicos foram invadidos

AP
Tailandeses pedem a saída da premiê Yingluck Shinawatra nesta segunda-feira, em Bangcoc

Milhares foram às ruas na Tailândia e invadiram o prédio do Ministério dos Financas, nesta segunda-feira, em Bangcoc. A invasão foi o ato mais ousado realizado durante os protestos liderados pela oposição, que começou no mês passado, para a queda da premiê Yingluck Shinawatra. Segundo a agência Reuters, mais de 30 mil participavam da ação pela manhã. 

Conheça a nova home do Último Segundo

Os protestos anti-governo teriam sido desencadeados por um projeto de lei de anistia apoiado pelo governo que poderia ter levado ao retorno do irmão de Yingluck, antigo primeiro-ministro deposto Thaksin Shinawatra, sem enfrentar a pena de prisão por uma pena de corrupção de 2008. No último domingo (24), mais de 150 mil manifestantes marcharam na capital. O ocorrido foi considerado um dos maiores protestos do país nos últimos anos.

NYT: Vestígios da ditadura militar são mantidos em escolas da Tailândia

AP
Durante apitaço, manifestantes ofereceram rosas aos policiais em Bangcoc


Ao menos 13 regiões da capital registram atos no dia de hoje e mais de 20 escolas foram fechadas pelas autoridades. Além das invasões, manifestantes cortaram a energia de alguns prédios do governo, como o do Departamento de Orçamento, por exemplo. "Vá até cada andar, entre em cada sala, mas não destrua nada", disse à multidão Suthep Thaugsuban, um ex-vice-premiê e oposição parlamentar. "Isso é poder do povo", continuou.

Dentro dos prédios invadidos, os manifestantes cantam, dançam e fazem "apitaço" nos corredores como parte de sua campanha contra o corrupção no governo. A polícia acompanha os atos e, até o momento, não há informações sobre confrontos.

*com AP e Reuters

Leia tudo sobre: protestostailândiaYingluck Shinawatra

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas