Queda de teto de supermercado deixa mortos na capital da Letônia

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Ainda há temores de que mais pessoas estejam soterradas; entre vítimas, há três integrantes da equipe de resgate

Reuters

Equipes de resgate retiraram nesta sexta-feira (22) mais corpos dos escombros de um supermercado que desabou na capital da Letônia, Riga, elevando para 45 o número de mortos. Ainda há temores de que mais pessoas estejam soterradas.

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia mais: Desabamento em supermercado deixa mortos na Letônia

AP Photo/Roman Koksarov
Desabamento na Letônia deixou dezenas de mortos

Guindastes levantaram grandes lajes em meio aos destroços do mercado Maxima, em um subúrbio de casas cinzas da era soviética, para tentar encontrar pessoas presas após o desabamento do teto na quinta-feira (21), quando o local estava cheio de clientes que voltavam do trabalho para casa.

Segundo a polícia, o número de mortos subiu para 32. Entre os mortos estão três integrantes das equipes de resgate.

"Nas últimas horas não foram encontrados sobreviventes", disse Viktorija Sembele, porta-voz do serviço de resgate.

Não ficou claro o que causou o desabamento, mas o ministro do Interior, Rihards Kozlovskis, disse à TV local: "Está claro que houve um problema com o cumprimento de requisitos de construção."

A mídia local disse que trabalhadores estavam construindo um jardim no terraço da loja, um edifício de piso único localizado em um subúrbio de Riga a cerca de 30 minutos de carro do centro da cidade.

Leia tudo sobre: MUNDOLETONIAMERCADODESABAMENTO

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas