Desabamento em supermercado mata 17 e deixa dezenas sob escombros na Letônia

Por Reuters | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Causa do acidente não é conhecida, mas, segundo a mídia local, um jardim estava sendo construído no terraço da loja, que fica na cidade de Riga, capital do País

Reuters

AP Photo/Roman Koksarov
Das 27 pessoas feridas, 22 foram levadas ao hospital

Ao menos 17 pessoas morreram, incluindo três bombeiros, e dezenas podem estar presas sob escombros depois que o telhado de um supermercado movimentado na capital da Letônia, Riga, desabou na noite desta quinta-feira (21), disse um agente do resgate.

Conheça a nova home do Último Segundo

Construção desaba na África do Sul e dezenas de operários ficam soterrados

Imagens de TV mostraram a mercearia Maxima cercada por caminhões de bombeiros e ambulâncias, com equipes de resgate usando barras para afastar os destroços de dentro do moderno edifício de um andar.

A causa do desabamento não era conhecida, mas a mídia local afirmou que estava sendo construído um jardim no terraço da loja. A porta-voz do serviço de ambulância, Ilze Buksa, disse que das 27 pessoas feridas, 22 foram levadas ao hospital. "Pode haver mais feridos, mas não podemos dar uma estimativa por que os trabalhos de resgate estão em andamento", disse ela.

Inga afirmou que o resgate foi chamado no mercado, situado em um bairro residencial da era soviética no subúrbio da capital, depois que o telhado que desabou sofreu um segundo desmoronamento.

O desabamento aconteceu em torno de 18h (15h em Brasília), no momento em que muitas pessoas faziam compra no caminho do trabalho para casa.

O vice-prefeito de Riga, Andris Ameriks, disse na televisão que 50 pessoas estavam sob escombros. Serviços de resgate afirmaram que se tratava apenas de uma estimativa aproximada. "É muito difícil dizer porque é uma loja e havia muitas pessoas na loja naquela hora do dia", disse Inga.

*Com informações da AP

Leia tudo sobre: MUNDOTELHADOsoterradasLetôniasupermercado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas