Queda de boeing na Rússia mata ao menos 50

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Voo era operado pela companhia aérea regional Tatarstan; 44 passageiros e seis tripulantes morreram no acidente

Um Boeing 737 caiu durante aterrissagem na cidade russa de Kazan neste domingo (17), matando todas as 50 pessoas a bordo, informou o Ministério de Emergências.

Conheça a nova home do Último Segundo

AP Photo
O vôo estava realizando uma segunda tentativa de pouso e explodiu com o impacto ao atingir a pista

O vôo estava realizando uma segunda tentativa de pouso e explodiu com o impacto ao atingir a pista, matando todos os 44 passageiros e os seis tripulantes a bordo. A informação de que todos morreram foi confirmada por Irina Rossius, uma porta-voz do Ministério de Emergências.

O avião que vinha do aeroporto Domodedovo de Moscou colidiu por volta das 19h20 do horário local (13h20 em Brasília). Ainda não foram esclarecidas as possíveis causas do acidente. Kazan está localizada a cerca de 720 quilômetros a leste de Moscou.  

EUA: Avião sofre acidente em São Francisco

Infográfico: Saiba quais são os 10 piores acidentes aéreos do mundo

Bombeiros apagaram o fogo no local. De acordo com relatos de testemunhas, o Boeing perdeu altitude rapidamente e seu tanque de combustível explodiu com o impacto. Segundo relatos locais, havia ventos fortes e o céu estava nublado no aeroporto. As temperaturas estavam abaixo de zero.

O vôo era operado pela companhia aérea regional Tatarstan, disse um porta-voz do ministério.

O último acidente aéreo na Rússia ocorreu em janeiro, quando um Tupolev de fabricação russa pertencente à companhia aérea Red Wings saiu da pista no aeroporto de Moscou, atravessou um campo nevado e colidiu no acostamento de uma rodovia nas proximidades, pegando fogo. Investigadores disseram que uma falha no equipamento causou acidente, que deixou cinco mortos

Com AP e Reuters

Leia tudo sobre: aviãomorterússiaquedaboeing

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas