Ex-prestador de serviço de agência de espionagem dos EUA passa a dar apoio a empresa local em novembro

Reuters

O ex-prestador de serviço de uma agência de espionagem dos EUA Edward Snowden foi contratado por um site russo para começar a trabalhar em novembro, disse nesta quinta-feira (31) o advogado russo que trabalha para Snowden.

Conheça a nova home do Último Segundo

"Edward começa a trabalhar em novembro", disse o advogado Anatoly Kucherena, de acordo com a agência de notícias estatal russa RIA.

Snowden recebeu asilo na Rússia depois de divulgar documentos secretos mostrando que a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) monitorou as comunicações telefônicas e digitais de milhões de pessoas no mundo todo.

Falando à RIA, o advogado Anatoly Kucherena disse que seu cliente "irá oferecer apoio a um grande site russo", cujo nome não foi divulgado "por razões de segurança".

Asilo

A concessão de asilo a Snowden, de 30 anos, causou um atrito diplomático entre os EUA e a Rússia, já que Washington desejava que ele fosse repatriado para ser julgado por traição. O asilo, concedido no começo de agosto, poderá ser renovado anualmente.

A localização de Snowden dentro da Rússia não foi revelada, e desde julho ele apareceu apenas em algumas fotos e em registros em vídeo de uma reunião que teve neste mês com ex-funcionários de segurança nacional dos EUA que apoiam sua causa.

Mais:  Pai de Snowden vai à Rússia visitar filho asilado

1º de agosto: Snowden recebe asilo temporário da Rússia e deixa aeroporto

NYT: Chat criptografado e reunião secreta possibilitaram expor programa

O presidente russo, Vladimir Putin - ex-espião da KGB - disse repetidamente, antes da concessão do asilo, que a Rússia só acolheria Snowden se ele parasse de fazer revelações nocivas aos EUA.

Mas a decisão de protegê-lo parece reforçar as acusações de Putin de que o governo dos EUA não garante os direitos e liberdades que exige de outros países. O presidente russo nega que os seus serviços de inteligência tenham tentado arrancar informações de Snowden, e Kucherena disse que o norte-americano leva uma vida relativamente normal, diante das circunstâncias.

Na quinta-feira, o site de um tabloide russo publicou uma foto que disse ser de Snowden durante um passeio de barco em Moscou. Antes, o mesmo site havia publicado uma foto de um homem que parecia ser Snowden, empurrando um carrinho de supermercado em um estacionamento.

Kucherena não estava imediatamente disponível para comentar, segundo um assistente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.